Doenças cardíacas dão direito a aposentadoria ou auxílio-doença?

Muitos brasileiros sofrem de doenças cardíacas e muitas vezes não conhecem seus direitos aos benefícios do INSS.

Entretanto, o Governo Federal oferece alguns benefícios para aqueles que sofrem com doenças graves, incluindo aqueles que possuem problemas cardíacos. 

No artigo de hoje você vai conhecer mais sobre a aposentadoria e o auxílio-doença para quem sofre de cardiopatia grave. 

Cardiopatia grave

A cardiopatia grave pode impossibilitar o cidadão de ter uma rotina normal, ou seja, o impede de realizar atividades comuns do dia a dia, incluindo as laborais, isso porque alguns esforços simples e rotineiros podem até mesmo colocar sua vida em risco. 

Isso ocorre quando o coração passa a perder sua capacidade funcional por motivo de doença ou alteração congênita. As cardiopatias graves podem ser classificadas em:

  • Cardiopatia grave crônica;
  • Cardiopatia grave aguda;
  • Cardiopatia grave terminal.

Ao ser diagnosticado com uma cardiopatia grave o cidadão pode sim, ter direito a benefícios do INSS devido a sua doença, entretanto, será necessário realizar a perícia médica do Instituto. 

O que é a perícia médica do INSS?

A perícia médica do INSS é efetuada por um profissional de saúde habilitado pelo Instituto e ela é obrigatória para a liberação de benefícios por incapacidade, seja a aposentadoria ou o auxílio-doença. 

Através dela é possível que o INSS certifique-se da existência da sua incapacidade, por isso o procedimento é fundamental para identificar se você se encontra apto para a concessão de benefícios. 

Direito ao auxílio-doença

Como mencionamos, aqueles que possuem a cardiopatia grave podem ter direito ao benefício do auxílio-doença e este é um benefício temporário.

O auxílio-doença é destinado ao cidadão com cardiopatia grave, caso a perícia médica do INSS concluir que existe a possibilidade de recuperação do segurado para retorno futuro às atividades após o período de afastamento.

Para ter direito a este benefício também é necessário cumprir todas as regras e exigências que são pedidas, você pode conferir mais sobre elas no nosso artigo sobre o auxílio-doença clicando aqui

Direito a aposentadoria por invalidez 

Esse benefício que é atualmente chamado aposentadoria por incapacidade permanente é destinado àquele cidadão que se encontra permanentemente incapaz de exercer suas atividades laborais e não exista a possibilidade de reabilitação em outra profissão. 

Para ter acesso à aposentadoria por invalidez, o cidadão que possui alguma doença grave do coração deve estar incapacitado para exercer atividade laboral por tempo indeterminado, em outras palavras, sem previsão de melhora.

Lembrando que como no auxílio-doença também existem requisitos para direito a esse benefício, você pode conhecê-los em nosso outro artigo clicando aqui. 

Antes de finalizarmos preciso mencionar que é muito importante que você conte com a ajuda de um advogado previdenciário para lhe orientar sobre os benefícios e o seu direito.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Comentários estão fechados.