Dois novos benefícios vão começar a ser pagos pelo governo em fevereiro

0

Diante de um cenário pouco animador, com o aumento nos casos de contágio bem como no número de óbitos devido a pandemia, o Governo está em busca de medidas de contenção, tanto do contágio da doença, como medidas para controlar a crise econômica do país.

Entre as nova possibilidades estudadas pelo governo, que já incluem até a hipótese de uma nova prorrogação do auxílio emergencial, pelo ministro Paulo Guedes, bem como a eventual liberação do saque emergencial do FGTS.

O Governo está firmemente inclinado na liberação da antecipação do 13º salário dos segurados do INSS, bem como pela liberação do abono do PIS/Pasep.

Ao que tudo indica a previsão por parte de assessores do governo é que tanto a primeira parcela do 13º salário dos aposentados e pensionistas, bem como do abono salarial comecem a acontecer agora em fevereiro.

Designed by Gabriel_Ramos / shutterstock
Designed by Gabriel_Ramos / shutterstock

Viabilidade

A viabilidade da medida segue aguardando a formalização por parte dos membros do ministério da Economia, assim como por Paulo Guedes, que já estão na linha de frente para a liberação da antecipação dos benefícios.

Um dos assessores do governo disse ainda ao blog Valdo Cruz no G1 que “Como houve um recrudescimento da doença, em vez de ficarmos esperando, vamos agir e seguir o mesmo protocolo do ano passado, quando antecipamos o 13º dos aposentados e o abono salarial. Vamos fazer o mesmo agora, já está decidido, provavelmente em fevereiro e março”.