Dono da Louis Vuitton se torna o homem mais rico do mundo

0

O francês Bernard Arnault, se tornou nesta segunda-feira (24) a pessoa mais rica do mundo após alta nas ações de sua holding de moda de luxo, a LVMH (Louis Vuitton Moët Hennessy), com patrimônio líquido estimado em US$ 186,3 bilhões.

De acordo com levantamento da Forbes, Bernard Arnault ultrapassou o fundador da Amazon, Jeff Bezos (US$ 186 milhões) e Elon Musk (US$ 147,3 bilhões) fundador da Tesla Motors e SpaceX.

Crédito: Frederic Legrand – COMEO / Shutterstock.com

LVMH (Louis Vuitton Moët Hennessy)

A LVMH registrou recorde de receita de US$ 16,7 bilhões neste primeiro trimestre de 2021 com a operação de marcas como Sephora, Marc Jacos, Christian Dior, Fendi e mais. O crescimento ainda ocorreu devido à aceleração econômica de países como a China e os Estados Unidos que voltam a ter forte movimentação no mercado de luxo.

A LVMH conta hoje com diversas marcas que são sinônimo de luxo pelo mundo como, Louis Vuitton, Christian Dior, Dom Pérignon, Givenchy, Bulgari, Tag Heuer entre várias outras marcas de luxo que vão desde moda a bebidas.

Europeus no topo

Bernard Arnault é o primeiro europeu no topo da lista da Forbes desde outubro de 2015 quando o espanhol Amancio Ortega, cujo grupo Inditex é conhecido por sua rede Zara ultrapassou Bill Gates naquele ano.

Em 2019 Arnault se tornou a terceira pessoa mais rica do mundo com uma fortuna de US$ 76 bilhões. Contudo, desde o período de isolamento e com a variação do patrimônio líquido das pessoas mais ricas do mundo, Arnault chegou agora ao topo. Agora, a movimentação de hoje na bolsa de valores determinará se Bernard Arnault se manterá no topo das pessoas mais ricas do mundo.