E-commerce: Confira quais foram as principais mudanças que a pandemia exigiu do setor

0

Veja quais foram as principais mudanças que a pandemia exigiu no setor de e-commerce e como tirar melhor proveito delas.

A pandemia trouxe uma série de mudanças nos hábitos de convivência e consumo de milhões de pessoas por todo o mundo, desde o seu início em meados de março de 2020. 

Entre todas essas mudanças, o setor de comércio certamente foi o mais impactado. As restrições sociais impediram que muitas pessoas circulassem livremente pelas ruas e lojas, o que fez com que o faturamento de muitas empresas despencasse bruscamente.

Diante dessa dificuldade, muitas organizações viram no e-commerce uma alternativa para evitar perdas ainda maiores, ou até mesmo a  falência. O que fez com que todo o setor crescesse consideravelmente.

Neste artigo mostraremos as principais mudanças que a pandemia exigiu no setor de e-commerce, e como tirar o melhor proveito delas. Confira!

Mudanças no setor de e-commerce exigidas pela Pandemia

As empresas que não estavam no mundo digital viram na migração para o e-commerce uma oportunidade de se manterem ativas e faturando.

Já as que faziam parte do mercado digital, começaram a investir mais recursos em campanhas, mão-de-obra e diferenciais, a fim de atrair maior visibilidade e clientes, além de fidelizar os que já tinham.

O crescimento do mercado digital foi tanto e tão rápido que, segundo a ABCOMM – Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, o setor de e-commerce nacional faturou cerca 56% a mais nos primeiros meses de 2020, em comparação com o mesmo período no ano anterior.

Segundo uma análise realizada pela IDC Consultoria, os consumidores também estão seguindo a mesma direção que as empresas. De acordo com uma pesquisa realizada com cerca de três mil consumidores, 56% dos brasileiros pretendem manter o hábito das compras on-line.

Todo esse foco no e-commerce, tanto pelas empresas como pelos consumidores, vem aumentando não apenas os lucros desse setor, mas também as oportunidades.

Com o aumento nos investimentos é possível esperar mais oportunidades de emprego, tanto para profissionais especializados em atendimento e tecnologia, como para profissionais focados em estratégias de marketing, logística entre outros.

Como aproveitar melhor as mudanças no setor de e-commerce?

A migração para o mercado digital fez com que a concorrência nesse setor também aumentasse expressivamente. Por isso, não basta apenas colocar seus produtos à venda em um site ou plataforma de vendas.

Mais do que nunca, é preciso ter estratégias eficientes, além de profissionais especializados e bem treinados para que sua empresa possa se destacar entre as demais. Além disso, é importante considerar não somente conseguir novos clientes mas ser capaz de fidelizar os seus.

No entanto, para que isso aconteça é importante que você tenha em mente uma série de fatores importantes no setor de e-commerce, que vão muito além de preços acessíveis.

Para que uma empresa possa se destacar das demais no mercado digital, é fundamental que ela ofereça benefícios e serviços como:

  1. Prazos de entrega ágeis

Quando uma pessoa realiza uma compra pela internet, ela sabe que será preciso esperar todo um processo de aprovação do pedido, pagamento e emissão de nota para o envio do produto.

No entanto, é importante ter em mente que quanto mais ágil for todo esse processo e menor for o custo desse envio, maiores serão as chances do seu cliente voltar a comprar com você.  

  1. Preços justos e possibilidades de descontos

Certamente existem inúmeras empresas que oferecem o mesmo nicho de serviço ou produto que você. Por isso, para se manter ativo na concorrência é importante que além de um preço justo, vez ou outra, você possa oferecer descontos e vantagens nas compras para seus clientes.

  1. Atendimento diferenciado

Quanto maior for a personalização do atendimento ao cliente, maiores serão as chances dele se sentir extremamente satisfeito e efetuar novas compras. Uma das maneiras de conseguir esse tão sonhado atendimento personalizado é através das videochamadas.

Essa ferramenta, capaz de conectar vendedor e cliente, torna todo o processo de compra mais próximo e real. E pode ser um excelente diferencial para quem busca maior orientação na hora da compra.

Afinal, a videoconferência permite sanar dúvidas sobre o produto que está sendo adquirido, comparar produtos do mesmo nicho, entre outras vantagens. Sem contar que as empresas passam a ter um alcance maior em suas vendas, devido à quebra das barreiras geográficas.

É importante salientar também que esse é um tipo de comunicação que permite contato visual, não apenas com o produto.

Ou seja, permite que clientes e vendedores consigam ler expressões faciais e corporais, o que faz parte de um atendimento mais humanizado e bastante buscado por clientes em todo o mundo.

  1. Plataformas acessíveis e intuitivas

Quanto mais simples for a sua plataforma de vendas, tanto para o manuseio quanto visualmente, melhores serão seus resultados. Sites com muitas ofertas e informações visuais, tendem a deixar os consumidores confusos.

Existe espaço para todo mundo no mercado digital. No entanto, se você não souber aproveitar as oportunidades que as mudanças no setor de e-commerce trouxeram devido à pandemia, pode ser que seu sucesso seja menor que o esperado.