E-commerce: Ter uma presença online é essencial para os negócios que querem se destacar

0

Se um comerciante, mesmo que pequeno, já tem um negócio online e montou uma boa estratégia para colocar seus produtos ou serviços na rede, este dificilmente não realizou vendas.

A internet é relativamente nova para alguns e o desconhecimento de como ela funciona fez nascer vários mitos que circulam por aí.

“É muito comum encontrarmos pessoas que ainda não se posicionaram online pois não acreditam no potencial deste meio, não sabem por onde começar ou pensam que o investimento não cabe no bolso.

É preciso quebrar esses mitos para que os comerciantes possam utilizar a internet e consequentemente obter bons resultados” apresenta Alexandre Simões, estrategista de Marketing Digital.

A primeira coisa que um comerciante precisa fazer é criar sua presença online, mesmo que seja simbólica.

Dessa forma já é possível que ele saia do campo do achismo e passe a obter alguma experiência na internet, isso facilita muito no processo.

É importante ficar claro que o fato de a loja estar online, não significa que o lojista vai vender, mas lembre-se do velho ditado popular que diz: “Quem não é visto, não é lembrado”.

Portanto, é essencial criar estratégias para divulgar sua loja na internet, não adianta só colocar o conteúdo online, se este não for divulgado também não será visto.

Use as redes, crie campanhas por email, WhatsApp e não esqueça de colocar o endereço da sua loja online na fachada da sua loja física, em adesivos de carros e assim por diante.

A partir disso, você deverá pesquisar e entender o perfil do seu público, para que o conteúdo apresentado seja assertivo, e manter os canais sempre alimentados.

Por exemplo, um pequeno comércio de bairro de materiais de construção pode ter contas em redes sociais que são bem fáceis de serem atualizadas.

A relevância surge com o tempo e a qualidade do conteúdo que você oferece ao seu consumidor.

“Uma outra estratégia muito comum é o marketing de conteúdo, ele ajuda a gerar esse tipo de relevância e ajuda os consumidores a se conectarem ainda mais com o negócio.

Por exemplo, uma loja pode criar um blog ou um canal no YouTube com dicas de uso dos produtos que ela vende.

Dessa forma o consumidor aprende sobre os materiais e sabe que a pessoa que vende domina o assunto, gerando autoridade” explica o Estrategista.

Percebe-se que quando os consumidores criam uma relação de confiança tendem a comprar mais e essa relação pode ficar ainda mais forte quando o conhecimento vem de uma autoridade no assunto. A autoridade agrega valor ao negócio, isso ajuda muito no aumento das vendas.

Se você ainda é muito novo nesse meio, dedicar um pouco do seu tempo para estudar sobre o tema lhe fará ver como pode ser vantajoso para os seus negócios.

Existem cursos e pessoas que falam sobre marketing digital e sobre vendas na própria internet. Canais de instituições como o do Sebrae podem ser uma boa forma de começar.

Se for procurar no YouTube ou em redes sociais, procure pessoas confiáveis para aprender, pessoa que sejam verificáveis para não cair em cilada, que sejam referência no tema.

“A melhor maneira é começar pequeno pelas redes sociais que são ferramentas fáceis de usar, gratuitas e que muita gente já está familiarizada, dificilmente em uma loja não terá alguém que não saiba mexer nas redes sociais” finaliza Alexandre.

Por Alexandre Simões, estrategista de Marketing Digital