É possível começar um negócio com mil reais? É totalmente possível e, em poucas palavras, depende de três requisitos básicos: organização, planejamento e estrutura.

Ou seja, nem sempre empreender significa altos investimentos.

Você consegue abrir uma empresa com pouco dinheiro se tiver estratégias bem direcionadas. 

Para a trajetória de sucesso da sua empreitada, você precisa saber escolher um negócio, pesquisar o mercado cautelosamente e avaliar o seu potencial de lucro.

Vamos juntos analisar cada uma das etapas necessárias para abrir a sua empresa.

Como investir os seus mil reais 

Antes de começar a direcionar o investimento, é necessário passar pela fase de pesquisa de mercado.

Nessa etapa, é possível entender o potencial do negócio, o que representa compreender os prós e contras do empreendimento. 

Ótimas ideias não necessariamente garantem o sucesso.

Mas, enxergar oportunidades onde ninguém vê é o papel do empreendedor.

Com isso em mente, a ideia de montar uma empresa com mil reais ganha corpo.

Na hora de começar a investir na prática, você tem algumas possibilidades de negócios lucrativos.

As opções de venda ou revenda de produtos ou serviços são inúmeras, entre elas o ramo alimentício, moda e vestuário, artesanato, beleza, saúde e bem-estar, construção e reforma, decoração e consultoria em marketing digital.

O Sebrae tem um estudo com mais de 350 ideias de negócios para o futuro empresário.

Obviamente que o investimento na abertura de qualquer um desses negócios supera mil reais.

No entanto, você não precisa começar com um restaurante, pode vender ou revender itens que tem procura na sua região, por exemplo brigadeiros, bolos, congelados e salgados.

A vantagem é poder vender só quando existem as encomendas. 

O mesmo se aplica para qualquer outro segmento que se identifique.

Você pode vender roupas sem ter uma loja física, basta contar com os serviços em domicílio ou online.

E pode começar com peças usadas que estão em boa condição, como um brechó.

O bom é que existem sites dedicados a esse tipo de comércio, entre eles o Enjoei e a OLX.

Independentemente da sua escolha, o importante é se identificar com o produto para ser capaz de estudá-lo e vendê-lo.

Assim, entende o seu público-alvo para direcionar todas as suas estratégias, de repente se tornando até uma referência ou encontrando um diferencial para o segmento. 

Enfim, seja curioso e capaz de responder algumas perguntas para ter uma orientação assertiva nas suas tomadas de decisões. 

Perguntas que você deve fazer ao escolher um tipo de negócio para abrir

  •  Existe mercado para minha escolha?
  •  Quais são as opções à disposição para abrir o meu negócio com pouco dinheiro? 
  •  Isso traz renda?
  •  O meu orçamento será suficiente para montar o negócio?
  •  O meu produto é realmente competitivo?
  • Qual a identificação que eu tenho com esse produto para ter empenho e dedicação?

Invista em um e-commerce de baixo custo 

A era digital e, nos últimos meses, a pandemia do coronavírus têm nos ensinado mais sobre economia criativa e a resignificação dos negócios digitais no pós-crise.

Qualquer ideia em mente precisa ter um marketing digital definido para as estratégias de divulgação, que variam de acordo com a sua audiência. 

Pensando nisso e até mesmo nos novos modelos de consumo da população, o investimento em um e-commerce é uma boa aposta.

A boa notícia é que também existem investimentos de baixo custo, alguns a partir de R$ 30. Antes de abrir a sua loja virtual, dedique-se para estudar essa alternativa.  

Franquias: Opções para quem tem mil reais

Ainda no quesito inovação, outra opção são as franquias de baixo custo.

Com operações solidificadas e testadas, elas podem ser uma alternativa para o empreendedor.

Entre tantas, algumas nem precisam de um espaço físico para serem desenvolvidas. 

É o caso da  Camisetas da Hora, uma microfranquia que você pode trabalhar de casa, sendo o investimento médio de mil reais.

Já a Ylaii trabalha com jóias maciças e acessórios.

Criada em 2015, a empresa tem três modelos de negócio: microfranquia (home office), loja e quiosque. 

Por fim, outro exemplo é o da varejista  Magazine Luiza.

Batizada de Magazine Você, o modelo de microfranquia não tem investimento inicial.

Depois de receber uma loja virtual personalizada com toda a estrutura, o trabalho e custo do franqueado é a divulgação, eventualmente.

O lucro é a comissão das vendas.  

Como obter lucro com mil reais?

Se você passou da fase de escolha do produto, análise e estudo do público-alvo, significa que a sua ideia está concretizada.

Então, o próximo passo é ter uma estratégia para lucratividade.

O principal objetivo deve ser aumentar o seu orçamento inicial.

Depois de todo o esforço para entender minuciosamente o produto e o público, na sequência, encontrar formas de divulgação.

Confira alguma delas:

  • Anunciar o seu produto em marketplaces (Mercado Livre, OLX, Amazon, Americanas, entre outros);
  • Oferecer em grupos de vendas no Facebook;
  • Divulgar o produto por meio de comentários de vídeos do YouTube ou em blogs relacionados; 
  • Vender e divulgar em eventos de negócios, congressos, palestras e feiras;
  • Vender em redes sociais.

Outra possibilidade é conversar com influenciadores no Instagram que têm relação com o seu produto.

Você pode enviar algum item para eles divulgarem para os seguidores.

Pode fazer o mesmo com algum youtuber, também tem os sorteios virtuais entre tantas outras alternativas. 

A próxima etapa é o empenho para engajar os consumidores.

A palavra-chave é fidelização.

Manter a proximidade e satisfação do cliente permite que ele compre mais vezes, além de torná-lo um divulgador da sua marca.

Ou seja, mais uma estratégia de marketing eficiente e diferenciada, nesse caso, sem custo financeiro.

auxílio Emergencial
Como abrir uma empresas com pouco dinheiro

Veja algumas estratégias para levar em consideração e alcançar o desejado encantamento.

  • Ofereça uma experiência de consumo exclusiva;
  • Tenha um atendimento de qualidade;
  • Se organize para antecipar as necessidades;
  • Empatia e personalização durante a venda; 
  • Comunicação clara e objetiva; 
  • Transparência e flexibilidade durante a negociação;
  • Crie programas de fidelidade;
  • Crie o sentimento de comunidade e pertencimento;
  • Tenha um canal exclusivo para críticas e sugestões.

Mesmo que a princípio seja um produto simples, todas essas estratégias podem ser feitas nas redes sociais ou durante o contato que tem com a sua clientela, independentemente de ser físico ou virtual.

Com o tempo, as ações tendem a ficar mais aprimoradas.

O importante é não esquecer de ser lembrado, mantenha o contato genuíno e conveniente.

Faça os seus conteúdos relevantes em canais de comunicação apropriados para a sua audiência. 

Quais são os gastos para abrir uma empresa com mil reais

O custo para abrir uma empresa no Brasil é variável.

É necessário considerar diversos fatores e categoria desejada.

Todo o investimento depende das decisões tomadas.

No caso de um negócio próprio com investimento de mil reais, existem algumas particularidades únicas. 

Falando em gastos, o recomendável é que o foco das escolhas sejam baseadas no produto.

Afinal de contas, a primeira meta é aumentar o orçamento, depois pensar em voos mais altos.

Nesse momento, todas as despesas precisam ser condensadas nas formas que trabalha para conseguir a matéria-prima. 

Tendo o produto escolhido, faça algumas análises para responder algumas perguntas.

Uma delas é a margem do seu lucro.

Ela é baixa ou alta? Exemplo: quanto consegue de retorno depois uma compra de R$ 300?

A segunda pergunta é sobre reposição de estoque.

Qual é o prazo dessa reposição? É fundamental pensar nisso para não denegrir a sua marca desnecessariamente.

No início de um negócio, a última coisa que você quer é passar uma má experiência de compra.

Outra coisa a se pensar é sobre as parcerias.

É possível fazer alguma com lojas? Isso pode baratear o preço do produto ou ser usado como uma vantagem para minimizar os gastos.

Por exemplo, se você consegue um acordo com a loja para pagar o produto só depois que vende. 

Além de tudo isso, considere possíveis gastos com divulgação.

Muitas publicidades podem ser feitas de forma gratuita na internet de diversas formas.

No entanto, se for necessário atingir uma parcela de seu público nas ruas, talvez tenha que pensar em placas ou panfletos.

Diferença entre lucro e faturamento

O faturamento é a soma dos ganhos obtidos por uma empresa, enquanto o lucro é o faturamento menos os custos que essa empresa teve.

Por sua vez, o lucro de um empreendimento pode ser dividido em lucro líquido e bruto e para falarmos disso, é preciso ter um bom planejamento financeiro para maior lucratividade.

O que é faturamento?

O faturamento é o que o negócio obtém através da venda de produtos ou da prestação de serviços.

É o que efetivamente entra em caixa.

O que é lucro bruto e líquido?

O lucro é o valor final que a negócio tem, depois que os despesas e taxas são subtraídas do faturamento.

O lucro pode ser classificado como lucro bruto e líquido, de acordo com os tipos de gastos.

A partir da apuração dos custos variáveis da empresa, chegamos ao lucro bruto.

As despesas variáveis são aquelas que dependem da quantidade de bens produzidos, ou da quantidade de serviço prestado, como, por exemplo, a matéria prima.

Faturamento – custos variáveis = Lucro bruto

Já o lucro líquido é o valor faturado, menos os custos variáveis, os custos fixos e os impostos.

Esses custos fixos são os que existem independentemente da quantidade de itens que você vende ou do serviço que presta, como, por exemplo, o salário dos funcionários, ou o aluguel de um espaço.

Faturamento – custos variáveis – custos fixos – impostos = Lucro líquido 

Desafie-se todos os dias

Os obstáculos para abrir uma empresa do zero são os mesmo para todo mundo.

O que diferencia são algumas facilidades encontradas no caminho.

No entanto, vale lembrar que ter um investimento de um milhão não significa mais sucesso do que quem começou com mil reais.

Apenas representa um caminho diferente. 

O desfecho vai depender das habilidades e capacidades de cada empreendedor.

Quantas histórias não existem de falência de impérios? E as inspiradoras de quem começou com praticamente nada? Você deve estar se lembrando de algumas, obviamente são milhares. 

Se você está começando com mil reais, certamente, terá que ter mais doses de coragem e ousadia.

Mas, pode ter certeza que sempre que olhar para o início vai te dar muita satisfação lembrar de todo o esforço para sair da zona de conforto e fazer acontecer.

Sem contar que essa experiência é um diferencial para a sua trajetória de vida.

Ao longo dos anos, terá adquirido experiências e expertises únicas. 

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Fonte: Contabilizei