ECF: Entenda a diferença entre escrituração contábil e livro caixa

0

Na matéria de hoje vamos explicar a Escrituração Contábil e Livro Caixa na ECF  (Escrituração Contábil Fiscal).

Continue conosco e tire suas dúvidas. 

Escrituração Contábil Fiscal

A ECF, no Registro 0010, o contribuinte tem a obrigação de informar qual o tipo de escrituração do período, se  “C” (Escrituração Contábil) ou “L” (Livro Caixa), no conteúdo de hoje vamos esclarecer a diferença e quando essas opções deverão ser utilizadas. 

Regimes de Tributação e Escrituração Contábil 

Estão obrigadas a manter a escrituração contábil, as empresas que optaram pelo Lucro Real, pois, a apuração do IRPJ e da CSLL é feita de acordo nos lançamentos contábeis. 

De acordo com o Art. 14 da Lei n° 8.218/1991, fica estabelecido que as pessoas jurídicas que optam pelo Lucro Real, devem seguir de maneira organizada o Livro Diário, pois, lembrando que a não manutenção desse livro, implicará no arbitramento do lucro da empresa.  

Empresas tributadas pelo Simples Nacional e pelo Lucro Presumido

Essas empresas precisam manter a escrituração contábil de acordo com o artigo 14 da LC n° 123/2006 e o art. 225 da IN RFB n° 1.700/2017, que quando distribuírem lucros dos sócios em valores que são superiores a receita bruta, juntamente com a base de cálculo presumida.

Designed by @lovelyday12 / freepik
Designed by @lovelyday12 / freepik

O que acontece se a distribuição dos lucros ultrapassar esse limite? 

É necessário manter obrigatoriamente a escrituração contábil, destacando-se a existência de lucros suficientes para suportar tal distribuição. 

Escrituração, tipo “C” 

Quando uma empresa precisa manter a obrigatoriedade da escrituração contábil, ela precisa enviar o Livro Diário através da ECD e logo a ECF irá selecionar o tipo de escrituração como “C”, isto significa estar obrigada ao envio da EC.

Escrituração, Tipo “L”

No art. 45 da Lei 8.981/1995, as empresas que são tributadas pelo Lucro Presumido não são obrigadas a manter a EC. 

Se  ela por acaso se manter, é necessário escriturar toda a movimentação financeira e bancária também.

Bloco Q – Livro Caixa 

O Livro Caixa é escriturada na Escrituração Contábil Fiscal no Bloco Q. 

O mesmo é necessário preencher pela empresa do Lucro Presumido, o mesmo precisa ter optado pelo Livro do Caixa e o mesmo ter lucrado na receita bruta no ano superior R $1.200.000,00, ou até mesmo ao período a que se refere de acordo com esta regra que vamos mencionar abaixo. 

  • Tipo de Escrituração da ECF para livro Caixa e a soma da Receita Bruna Sujeito ao Percentual de 1,6% , 8%, 16 % ou 32%, foi maior que 100.00 multiplicado pelo número de meses da ECF. Portanto o Bloco QUE será obrigatório. 

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Por Laís Oliveira