Eireli: veja o prazo final para o registro de empresas na junta comercial de SP

As empresas registradas com Eireli serão transformadas em Sociedade Limitada Unipessoal (SLU)

Os cidadãos que precisam registrar a abertura de Empresas Individuais de Responsabilidade Limitada (Eireli) em São Paulo, devem estar atentos ao prazo final. Isso porque termina na próxima sexta-feira, 17, o período para protocolar os pedidos já preenchidos e pagos na Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp).

Esse prazo leva em consideração a alteração feita pela Lei do Ambiente de Negócios, nº 17.195/21, que prevê o fim das Eirelis.  Então, continue conosco e veja como proceder para registrar a sua empresa. 

Eireli

Essa modalidade de empresa foi criada pela Lei 12.441/2011. A Eireli é conhecida pelos empresários por ser um tipo societário constituído por uma pessoa e que  prevê o capital social de 100 salários mínimos. Além disso, o patrimônio pessoal daquele que constituí uma Eireli não é afetado pelas dívidas da pessoa jurídica. 

Com a nova lei, as empresas serão transformadas em Sociedade Limitada Unipessoal (SLU) ou Sociedade Unipessoal, como são conhecidas. Para isso, ficou sob responsabilidade do DREI (Departamento Nacional de Registro Empresarial e Integração) disciplinar como será feita essa transformação. 

Para isso, no dia 9 deste mês o órgão emitiu um ofício circular para orientar as juntas comerciais. Sendo assim, tanto a base de dados das juntas comerciais, quanto do governo federal serão alteradas, visto que a identificação das empresas passará de “eireli” para “LTDA”. 

Prazo final para registro 

Segundo o comunicado que foi disponibilizado na página inicial da Jucesp na última segunda-feira, 13, os pedidos de abertura de empresa que ainda não tiverem sido protocolados após o dia 17 serão indeferidos. Nos casos em que o DARE (Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais) tiver sido pago, não haverá a restituição de valores.

Por sua vez, os empresários que tiverem feito o pedido mas ainda não pagaram devem refazer o pedido como LTDA. A nova orientação para quem deseja abrir uma empresa, é preencher o pedido de constituição como LTDA (unipessoal) e não mais como Eireli

Entenda a SLU

Uma Sociedade Limitada Unipessoal é considerada uma opção mais vantajosa para as empresas. Nesta modalidade, foi criada por meio da MP 881/2019 que foi convertida na Lei 13.874/2019.

Quem escolhe esse tipo empresarial não precisa ter sócios, além disso, o patrimônio do empreendedor é separado do patrimônio da empresa. Diferente da Eireli, na SLU é possível que o empresário responsável seja sócio de outras empresas.

Outro ponto positivo para aqueles que estão começando seu próprio negócio, é que nesse tipo de empresa não é preciso ter um valor mínimo de Capital Social. Isso representa mais facilidade para o empreendedor que, na maioria das vezes desiste de formalizar seu negócio.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Comentários estão fechados.