Emissão do extrato do consignado para o IR 2021: Saiba como funciona

0

Início de ano resulta em uma série de obrigações a serem cumpridas, e uma delas é a declaração do Imposto de Renda (IR).

Assim, aqueles que tiveram empréstimos, por exemplo, também precisam prestar informações à Receita Federal anualmente, embora existam algumas regras de como esse processo deve ser feito.

O mesmo vale para os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), bem como, os trabalhadores das empresas privadas e servidores públicos, os quais irão precisar do extrato do consignado para comunicar a respeito de alguma dívida referente ao empréstimo consignado.

Quem deve declarar o IR

Todas aquelas pessoas que emprestaram dinheiro para alguém, ou pediram algum empréstimo precisam declarar adequadamente os respectivos valores na ficha “Bens e direitos”, caso se trate de uma quantia emprestada a terceiros. 

No campo “Dívidas e Ônus Reais”, deve haver a inclusão de dados relacionados a valores adquiridos com outras pessoas ou solicitados a uma instituição financeira.

Entretanto, a Receita Federal alega que tal obrigação é devida apenas por: 

  • Quem tem ou emprestou acima de R$ 5 mil em 2020;
  • O empréstimo consignado deve ser declarado até a dívida ser quitada integralmente.

No caso dos demais bens, estes devem ser mencionados de acordo com as regras de cada categoria, ressaltando que todas as modificações patrimoniais são comparadas anualmente. 

Obtenção do extrato do consignado para o Imposto de Renda 2021

Tanto o extrato do consignado quanto o informe de rendimentos podem ser adquiridos por meio online, diretamente pelos respectivos sistemas de emissão das folhas de pagamentos.

No cenário dos beneficiários da Previdência Social, a folha é processada pela Dataprev e disponibilizada pelo site ou aplicativo “Meu INSS”.

Já os servidores públicos federais podem realizar a consulta no SIGEPE Servidor e Pensionista.

Observe o passo a passo.

Designed by @yanalya / Freepik
Designed by @yanalya / Freepik

Extrato do consignado no Meu INSS

Antes de mais nada é importante mencionar que a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda de Pessoas Físicas (DIRPF) 2021, será baseado no ano-calendário 2020, sendo assim, deve-se usar o relatório do ano anterior. 

Os usuários do portal ou aplicativo “Meu INSS” podem acessar o relatório mediante as alternativas a seguir:

  • Faça o login na conta do Meu INSS;
  • Clique em “Extrato IR”, no menu superior ou busque “Extrato para Imposto de Renda” na opção de pesquisa (lupa);
  • Selecione o benefício desejado, caso tenha mais de um ativo;
  • O arquivo carregado será o do ano mais recente disponível na plataforma (o Informe de Rendimentos 2020 do Meu INSS será disponibilizado em breve).

Já os aposentados e pensionistas que tiverem mais de um benefício ativo, precisam emitir os relatórios separadamente, pois cada empréstimo está agregado a um número de benefício diferente. 

Extrato do consignado no SIGEPE

Os servidores federais (SIAPE) devem acessar o SIGEPE por meio do login do SIGAC ou no aplicativo do SIGEPE, seguindo estes passos:

  • Faça login no SIGAC/SIGEPE;
  • Role a página até o final e procure a opção “Imposto de Renda Pessoa Física – IRPF”;
  • Selecione o ano desejado (para o IR 2021 o extrato do consignado correto é o de 2020 que deve ser disponibilizado em breve).

Caso os servidores federais tenham o interesse em conferir relatórios de anos anteriores, ele deve selecionar a opção “Ver Todos” e na tela seguinte, selecionar o ano desejado.

Se desejado, o arquivo pode ser salvo em PDF para ser consultado a qualquer momento, especialmente quando for preencher a declaração ou importar em plataformas que realizam a leitura automaticamente. 

Dica Extra do Jornal Contábil : Aprenda a fazer Declaração de Imposto de Renda. Aprenda tudo de IR em apenas um final de semana

Conheça nosso treinamento rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber sobre IR. No curso você encontra:

Conteúdo detalhado, organizado e sem complexidade, videoaulas simples e didáticas,passo a passo de cada procedimento na prática. 

Tudo a sua disposição, quando e onde precisar. Não perca tempo, clique aqui e aprenda a fazer a declaração do Imposto de Renda.

Com informações de Bxblue adaptadas para o Jornal Contábil