Empreender: No Brasil fica cada dia mais fácil

aviso prévio

As oportunidades para empreender nos dias de hoje são praticamente ilimitadas se comparadas com o nosso passado recente, onde os meios eram escassos e os investimentos muito altos. Todo o foco era voltado para espaços físicos, enquanto hoje é possível publicar conteúdo de diversas formas e para os mais distintos públicos: vender online, no Instagram, em uma grande cadeia de marketplaces ou ainda utilizar uma impressora 3D para dar vida à uma obra de arte ou mesmo um objeto inovador.

É praticamente impossível nos afastarmos do digital quando se pensa em empreender em qualquer lugar do mundo. Existem sim mercados de nicho onde o digital faz pouca ou nenhuma diferença, mas esses espaços serão cada vez mais escassos. Hoje ainda há muitas áreas que devem ser modernizadas no Brasil, aplicativos que podem e devem melhorar processos de indústrias, serviços e comércio, tanto on quanto off-line, isso tudo antes das coisas se tornarem completamente conectadas.

Atualmente vivemos em uma época de ouro que é fruto de muito trabalho de nossas gerações passadas, é importante que jovens e adultos entendam isso e abracem as oportunidades de empreender. Estamos na era das startups de garagem onde o investimento inicial é mínimo ou inexistente. Basta ter uma boa ideia, força de vontade e determinação e o projeto será recompensado com um possível investimento de fundos brasileiros ou estrangeiros.

No entanto, empreender exige foco. Somos preparados como seres humanos a evitar a dor e desconforto. Qualquer situação que nos coloque fora da zona de conforto é um gatilho para nosso cérebro fazer com que nos escondemos. Essa é a nossa natureza e empreender é enfrentar nossa natureza e muitas vezes o questionamento daqueles que amamos. Vale lembrar que nem tudo pode ser vencido com boa vontade e foco. Organização, disciplina e um planejamento simples, porém sólido são itens essenciais para que se possa criar momento.

Participando do último VtexDay em São Paulo, pude testemunhar em primeira mão muitos jovens com ideias fantásticas colocando seus produtos no mercado e ganhando o Brasil e o mundo. O segredo para empreender, independente da idade, mas especialmente durante seu início de carreira, é agregar valor e solucionar um problema. Vejo muitas startups em que criam produtos ou software antes de entender um problema existente para tentar resolver.

O pulo do gato é resolver uma dor está presente na vida dos usuários do seu produto, algo latente e de preferência que tenha sido vivido pelo futuro empreendedor. Oportunidades existem onde falta eficiência, onde há dor ou desperdício. As empresas que tive a oportunidade de liderar ou criar sempre foram focadas em preencher um espaço existente no mercado. Neste ambiente de “falha” existem as melhores possibilidades e as menores barreiras de entrada.

Sobre Alessandro Silveira – é formado em Administração e Comércio Exterior pela FESP. É sócio fundador do Ideris. Possui especialização em Administração pela New School University em Nova York. Passou mais de 20 anos no campo de logística internacional trabalhando em diversos projetos e setores por todo o mundo. Trabalhou na MAERSK como Gerente de Desenvolvimento de Novos Negócios. Na CNH, divisão agrícola da Fiat Chrysler, ocupou o cargo de gerente de Inbound. Morou 10 anos em Nova York, onde criou uma empresa de importação e distribuição de componentes para indústria moveleira. Também foi responsável pelo transporte de carga para ajuda humanitária para o WFP (World Food Programme) da ONU.

Sobre o ideris – O Ideris é uma plataforma de integração multicanal focada em oferecer soluções inovadoras para quem vende em marketplaces. Lançado em setembro de 2017, rapidamente assumiu lugar de destaque e hoje é reconhecido como um dos melhores integradores do Brasil.