Empresários que investiram no setor odontológico contam como ser bem-sucedido vindo de outros mercados

Ter o seu próprio negócio faz parte dos sonhos de muitos brasileiros. Muitas vezes, as pessoas procuram empreender dentro de suas áreas de atuação, o que é bastante natural. No entanto, muitos modelos de negócios permitem que profissionais oriundos de quaisquer mercados sejam bem-sucedidos. 

É o caso da Odontoclinic, primeira rede nacional de franquias de clínicas odontológicas, que oferece um modelo ideal para quem não é dentista. Fernando Mendes apostou no setor odontológico, mesmo sendo formado em administração de empresas e tendo atuado em bancos por mais de 15 anos.  

Hoje, o empresário é dono de três unidades Odontoclinic: uma em Itaim Paulista, uma em Suzano e outra em Mogi das Cruzes. “Quando eu decidi montar uma clínica odontológica com o meu irmão, logo me veio à mente investir em uma franquia. Assim, começamos a estudar todas que existiam à época. E a Odontoclinic foi a que mais chamou nossa atenção por seu modelo de negócios, que se adequava mais ao que estávamos buscando”, conta Fernando Mendes.  

Sobre os diferenciais em relação à concorrência, Mendes destaca que na época das pesquisas, “percebemos que a Odontoclinic era a única que tinha um posicionamento muito claro em relação à ortodontia”. “As outras franquias tinham modelos muito comuns. A Odontoclinic já mostrava um setor comercial atuando fortemente, enquanto as demais tinham um modelo muito mais reativo”, destaca Mendes. Outro ponto muito importante para o franqueado foi que a empresa oferecia opções de entrada mais atrativas e os cases de sucesso apresentados. O empresário projeta que em três anos terá um total de cinco clínicas.  

Já a história de Ney de Paula com a Odontoclinic tem mais de 20 anos de existência. O hoje franqueado começou na empresa trabalhando na área comercial, onde fez carreira até abrir sua primeira unidade, em 2011.  

“Eu sempre gostei muito da Odontoclinic e acreditei na qualidade dos serviços e dos produtos que entregávamos. Eu abri sozinho a minha primeira franquia em Itatiba, sem nenhum sócio. Foi difícil, mas hoje tenho três unidades: além da loja de Itatiba, tenho uma em Jundiaí e outra em São José dos Campos”, conta Ney de Paula.  

O empresário conta, ainda, que pretende abrir outras unidades nos próximos anos, principalmente no Vale do Paraíba. “O modelo de negócios da empresa serve para qualquer empreendedor que não seja dentista. Eu sou a prova de que qualquer investidor pode fazer sucesso nesse negócio. Eu me sinto filho da franqueadora, pois o tratamento é muito bom e eu tenho todo o suporte necessário”, diz. “Eu gosto desse modelo de gestão. Não sou dentista nem quero me tornar um, prefiro lidar com números e pessoas”, diverte-se Ney.  

Odontoclinic está no mercado há mais de 20 anos, sendo a primeira rede de franquias de clínicas odontológicas do Brasil. Com 200  clínicas, 2550 dentistas e presente em 16 estados, a Odontoclinic tem a missão de transformar a experiência de ir ao dentista ao oferecer serviços de alta qualidade de forma acessível, conforto e segurança.