Empresas adotam semana de 4 dias de trabalho

Conheça os países que já adotam esse modelo de jornada e os resultados que vêm obtendo

Com o objetivo de frear a carga horária extensiva, muitas empresas pelo mundo estão adotando um novo modelo de atuação, com apenas 04 dias de trabalho por semana. 

Essa jornada de trabalho também é conhecida como 4×3, ou seja, 4 dias de trabalho e 3 dias de folga. Este tipo de carga horária vem sendo testada em diferentes países já há alguns anos. Os resultados estão dando tão certo que esta jornada de trabalho é uma opção entre os trabalhadores.

A sobrecarga e a ansiedade pela sexta-feira, alinhada a outros fatores, pode afetar a saúde física e mental dos colaboradores de maneira muito agressiva. Infelizmente, em alguns casos, irreversíveis, pois há situações abusivas no ambiente de trabalho, principalmente quando envolve metas, produtividade, disputa por poder, falta de reconhecimento e valorização profissional. O trabalhador fica esgotado física e emocionalmente levando a ter doenças e, em casos extremos, até a morte.

Em quais países é adotada a jornada 4×3?

Você pode estar curioso em saber onde esse tipo de carga horária é adotada. Pois vamos dizer. Países como Portugal, Canadá, Estados Unidos, Austrália, Reino Unido, Nova Zelândia estão realizando testes do novo modelo. O objetivo é otimizar o tempo de trabalho de forma prática e objetiva.

Mais tempo no trabalho nem sempre indica maior produtividade, os gestores e o RH devem ficar atentos ao bem-estar dos funcionários. A nova jornada de trabalho de apenas quatro dias por semana não altera nenhum direito dos trabalhadores, o salário permanece o mesmo, é uma forma de motivar ainda mais os funcionários a se dedicarem no novo modelo.

Os primeiros testes com a semana de 4 dias aconteceram na Islândia, no período de 2015 e 2019. Estima-se que  2.500 pessoas tiveram suas jornadas de trabalho reduzidas de 40 horas semanais para 36 ou 35 horas por semana, sem reduções em seus salários. 

Especialistas revelaram que os resultados deste experimento foram um grande sucesso. O estudo revelou aumento ou estabilidade na produtividade das empresas, além de relatos de melhoria na qualidade de vida por parte dos colaboradores.

Efeitos positivos da pandemia 

A jornada de 4 dias de trabalho por semana que está sendo testada em alguns países pelo mundo, é reflexo do período da pandemia da Covid- 19, onde novas formas de trabalho foram adotadas como regime híbrido e o home office .  

Algumas companhias  tiveram a sensibilidade de analisar a situação e observar os fatores positivos que a mesma trouxe. Segundo uma pesquisa realizada pelo International Workplace Group (IWG), publicada em 2019, constatou que  83% dos profissionais são mais produtivos em uma rotina flexível.

Onde havia receio por queda da produção no regime home office ou híbrido, o resultado foi o oposto, pois as pessoas estavam mais dedicadas, mesmo dentro de casa, isolados, ou presencialmente em dias alternados no escritório. 

E no Brasil? As empresas adotaram 4 dias de trabalho por semana?

Sim!! Além de adotar os 4 dias de trabalho por semana, a Agência Shoot, reduziu a carga horária diária para 6h, desde o ano passado. As mudanças surgiram depois de avaliar que os trabalhadores andavam cansados e desmotivados – mesmo após o fim de semana. 

De acordo com um dos sócios da empresa, houve um aumento no rendimento da equipe assim como na qualidade de vida e saúde mental. Desde que adotou o novo modelo, a Shoot teve um aumento de 300% na procura de vagas.

A expectativa dos brasileiros é que cada vez mais empresas também renovem seu olhar para as novas possibilidades do mercado de trabalho e não retardem tanto para aderir a este modelo.

O que diz a legislação brasileira?

Conforme a legislação brasileira, a jornada é de 8 horas diárias e 44 horas semanais. Contudo, nada impede que a carga horária seja menor. A legislação só impede jornada maior e não menor.

Já a jornada parcial, instituída na reforma trabalhista de 2017, permite  carga horária de trabalho de até 30 horas semanais, sem opção de hora extra ou 26 horas semanais, com até 6 horas extras pagas. 

Isso significa que para a jornada parcial, a empresa pode liberar a semana de quatro dias, mas o profissional, em hipótese alguma, pode ultrapassar o limite de horas previstas no contrato.

Concluindo então, nada impede que mais empresas no Brasil adotem este tipo de jornada 4×3. 

Dica Extra: Você conhece os seus direitos trabalhistas?

Já sentiu em algum momento que você pode estar sendo passado pra trás pelo seu chefe ou pela empresa que te induz a aceitar situações irregulares no trabalho?

Sua dúvida é a mesma de milhares de pessoas. Mas saiba que a partir de agora você terá resposta para todas as suas dúvidas trabalhistas e saberá absolutamente tudo o que acontece antes, durante e depois de uma relação trabalhista.

Se você quer garantir todos os seus direitos trabalhistas como FGTS, adicionais, horas extras, descontos e saber como se posicionar no seu emprego sem ser mais obrigado a passar por abusos e ainda entendendo tudo que pode e que não pode na sua jornada de trabalho, clique aqui e saiba como!

Comentários estão fechados.