Empresas em situação irregular com o Estado têm até dia 30 para resolver

Esta foi a última prorrogação que estava com prazo em aberto desde 2020

Empresas com processo de suspensão e perda ou desenquadramento de benefício ou incentivo fiscal têm até 30 de junho para se regularizar ou pedir reapreciação

Após ficar com o prazo suspenso desde março de 2020 devido a pandemia da Covid-19, a Secretaria Estadual de Fazenda do Rio de Janeiro (Sefaz- RJ) deu um ultimato até dia 30 deste mês. Isso significa que as empresas que estão respondendo a processos de suspensão e perda ou desenquadramento de benefícios ou incentivos fiscais precisam regularizar a sua situação ou pedir a reapreciação.

A Sefaz deu todo este tempo justamente para oferecer mais tempo às empresas que enfrentaram dificuldades por causa do desaquecimento da economia. No entanto, a partir de 1º de julho, quem não se regularizar ficará sujeito às penalidades previstas, nos termos da Resolução Sefaz 392/2022, publicada no Diário Oficial do último dia 13.

De acordo com o artigo 9°, parágrafo primeiro da Resolução 392/2022 considera-se cumprimento das obrigações tributárias acessórias a entrega das seguintes declarações referentes:

I – Escrituração Fiscal Digital ICMS/IPI (EFD ICMS/IPI);

II – Guia Nacional de Informação e Apuração do ICMS Substituição Tributária (GIA-ST);

III – Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de alíquota e Antecipação (DeSTDA);

IV – Declaração Anual para o Índice de Participação dos Municípios (DECLAN- IPM);

V – Documento de Utilização de Benefícios Fiscais do ICMS (DUB ICMS);

VI – Declaração do Valor de Aquisição da Energia Elétrica em Ambiente de Contratação Livre (DEVEC);

VII – entrega de arquivos em meio óptico (Convênio ICMS 115/2003 ).

 Para as obrigações acessórias previstas no Decreto 47.512/2021 e na Resolução Sefaz 392/2022, o contribuinte deve se regularizar através do sistema próprio de cada obrigação acessória. 

Já a reapreciação de decisão em processos administrativos deve ser protocolada via Sistema Eletrônico de Informações (SEI), preferencialmente nos mesmos processos por meio dos quais foi feita a notificação da decisão de suspensão, perda ou desenquadramento.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Comentários estão fechados.