Você está pensando em fazer a contratação de uma linha de crédito, mas não sabe quais são os tipos de empréstimos oferecidos pelo mercado financeiro?

No momento de pesquisar e escolher um empréstimo é comum que dúvidas existam, afinal é possível contratar diferentes opções, que são voltadas para as mais diversas necessidades.

Você pode optar por um empréstimo consignado, crédito pessoal, crédito estudantil, entre outros.

A contratação pode ser feita para atender a diversos objetivos, como: emergências, financiamento para compra de bens materiais, liquidação de cheque especial, pagamento de cartão de crédito, ou qualquer outro tipo de dívida.

Esse tipo de solicitação se tornou frequente entre os brasileiros, principalmente quando falamos em épocas de crise, onde muitos não costumam ter uma reserva de emergência.

No entanto, antes de tomar a decisão de contratar algum tipo de serviço financeiro, é fundamental conhecer e entender bem as opções disponíveis.

Continue a leitura e saiba quais são os 7 tipos de empréstimos mais comuns e entenda qual pode ser a melhor opção para você!

Quais são os principais tipos de empréstimo

Solicitar um empréstimo não está relacionado apenas a ter dinheiro “vivo”.

Você pode solicitar um crédito para financiamento da sua faculdade, de um carro ou casa, por exemplo.

Ou seja, você pode solicitar um crédito onde você nem irá ver o dinheiro, pois ele será diretamente direcionado para o pagamento da sua dívida.

Compreendo isso, confira a seguir quais são as 7 principais opções de empréstimos!

1- Empréstimo consignado

Também conhecido como crédito consignado, essa opção é uma solução que chama muita atenção por ser muito prática de ser solicitada.

Nesse caso, os valores do empréstimo serão cobrados diretamente na folha de pagamento ou da aposentadoria de quem o solicitou.

Como existe essa segurança de que o pagamento será débito do salário ou do INSS do contratante, a liberação desse crédito costuma ser muito simples e rápida de ser feita.

Inclusive, hoje em dia é possível contratar crédito consignado através de aplicativos de bancos ou sites (de forma online). 

Além da praticidade, essa opção também é muito procurada porque possui taxas de juros menores, além de prazos mais longos para pagamento. 

Outra vantagem do consignado é que o tomador não precisa indicar como irá utilizar o dinheiro solicitado.

Ou seja, não precisa apresentar nenhuma justificativa para a solicitação do empréstimo. 

No entanto, é importante deixar claro que essa linha de crédito deve ser muito bem planejada.

No momento de fazer a contratação, faça simulações e realmente escolha uma opção que atenda às suas necessidades, para que você não tenha outros pagamentos comprometidos.

2- Crédito pessoal

O crédito pessoal, geralmente é oferecido por instituições financeiras, como bancos.

Ele é um tipo de empréstimo onde o tomador pode utilizá-lo da forma que preferir, assim como o crédito consignado.  

Para solicitar a quantia que deseja (de acordo com as políticas do credor), o consumidor não precisa oferecer uma garantia para o pagamento do empréstimo.

No entanto, essa opção está sujeita à análise de crédito para sua aprovação.

3- Crédito estudantil ou universitário

Esse tipo de crédito é destinado a estudantes de curso superior que não podem arcar com o pagamento das mensalidades de seus estudos.

O crédito estudantil, ou universitário, pode ser privado, sendo contrato com bancos ou empresas que são especializadas em financiamentos.

Essa opção de crédito também pode ser pública, concedida pelo governo através do Fundo de Financiamento Estudantil, o FIES.

No site do programa você pode verificar todas as condições e requisitos para poder solicitá-lo.

Se você deseja fazer um curso superior, mas não pode pagar por ele, pesquise muito bem as opções disponíveis no mercado e quais são suas condições de juros e prazo de pagamento.

empréstimo
Tipos de empréstimo

4- Crédito habitacional

O crédito para habitação é disponibilizado para a aquisição, reforma ou construção de imóveis.

Essa opção também pode ser contratada como financiamento, ou seja, o valor total será parcelado e pago de acordo com taxas de juros.

Geralmente, a contratação é feita por um banco.

Logo, o consumidor passa a ter uma dívida com a instituição financeira.

Para solicitar o crédito para habitação é necessário verificar as condições e os documentos exigidos pelo banco.

É importante dizer que uma das vantagens desse tipo de crédito é que o saldo do FGTS pode ser utilizado como entrada, o que ajuda a reduzir o saldo a pagar, proporcionando melhores condições.

5- Crédito automotivo

Se você deseja comprar um veículo, mas precisa de um empréstimo para te ajudar com esse objetivo, você pode contratar um crédito automotivo.

Como os carros, principalmente os novos, costumam ter valores elevados, você pode optar por essa linha de crédito.

Caso você esteja pensando em contratar esse empréstimo, saiba que pode optar tanto por financiamento, quanto por consórcio.

Porém, é indicado que ao escolher por essa opção, que o consumidor tente dar um valor de entrada e financie o restante do valor do carro. 

Dessa forma, os juros ficam menores e você pode quitar o veículo de forma mais rápida.

6- Crédito consolidado

Se você possui diversas dívidas com um banco, você pode pagá-las através de um crédito consolidado.

Como o próprio nome já diz, essa opção faz uma consolidação das dívidas.

Vamos supor que você tenha dívida de cheque especial, cartão de crédito e empréstimo em um banco.

Para pagar tudo isso, você pode verificar se a instituição financeira oferece crédito consolidado.

Ou seja, você terá apenas uma dívida a pagar (que incluirá todas as outras). 

7- Antecipação de 13º salário

Algumas pessoas acabam contratando essa opção com instituições financeiras e não percebem que se trata de um empréstimo.

Geralmente, a antecipação do 13º salário é feita pelo banco onde o consumidor tem conta ativa. 

O banco oferece um determinado valor que deverá ser pago (ou debitado) durante o período de pagamento do 13º salário.

Ou seja, você solicita um valor agora que será pago apenas quando você receber o seu 13º. 

Essa opção só é indicada se você realmente estiver precisando do dinheiro no momento, já que você não sabe como estará sua situação financeira quando ela for cobrada. 

Qual tipo de empréstimo escolher?

Agora que você já sabe quais são os tipos de empréstimos mais comuns, é muito importante compreender quais são suas necessidades para escolher a opção ideal para você. 

Você quer quitar suas dívidas? Quer realizar a viagem dos sonhos? Quer comprar seu imóvel ou carro? 

Tenha sempre em mente que empréstimos são dívidas.

Portanto, recomendamos que você só faça a contratação de uma linha de crédito caso você tenha um objetivo definido. 

Dessa forma, você evita débitos desnecessários e mantém a sua vida financeira em ordem.

Fonte: Contabilizei