Empréstimo consignado do INSS: Saiba como desbloquear

Aposentados e pensionistas podem desbloquear o empréstimo consignado do INSS de maneira simples e prática. Saiba mais. 

Para quem não tem intimidade com o tema, os chamados empréstimos consignados são aqueles cujo débito é descontado diretamente da folha de pagamento do contratante. Em suma, o valor das parcelas retirado de maneira automática do salário ou do benefício do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). 

De modo geral, a categoria de consignados costuma ser destinada a servidores públicos ou a quem é titular de aposentadorias e pensões. Isto porque, tais grupos possuem uma renda mensal fixa, o que, justamente, é colocado como “garantia” de que o empréstimo será pago. 

Conforme o INSS, a solicitação de créditos consignados pode ser realizada diretamente pelos canais digitais do instituto, sem a necessidade de sair de casa. Além disso, é possível que o procedimento seja feito pelo titular do benefício ou representante legal do mesmo. 

Empréstimo consignado para aposentados e pensionistas  

Atualmente, os beneficiários do INSS contam com uma margem consignável de 40%. Este percentual representa o máximo da renda que pode ser comprometida no empréstimo. As atuais condições do crédito funciona da seguinte maneira: 

  • Margem consignável de 40%; 
  • É possível comprometer até 35% em empréstimos; 
  • Os outros 5% podem ser utilizados em cartões de crédito. 

Para um melhor entendimento, vamos supor que um aposentado receba o benefício do INSS no valor de R$ 1.600. Sendo assim, caso ele deseje contratar o empréstimo consignado, será possível até R$ 560 na operação, valor que representa 35% dos pagamentos mensais de R$ 1,6 mil. 

Como desbloquear o empréstimo

Em relação ao desbloqueio do empréstimo consignado, o procedimento é bem simples e prático, até porque nem mesmo é necessário se dirigir a alguma agência da Previdência Social. Nesta linha, basta acessar a plataforma do Meu INSS e seguir o guia descrito abaixo:

  1. Em primeiro lugar, acesse página do  “Meu INSS” pelo navegador, ou baixe o aplicativo de mesmo nome; 
  2. Será necessário informar o CPF e senha cadastrada (em casos de primeiro acesso, realize o cadastro); 
  3. Selecione a opção “Novo Pedido”; 
  4. Procure pelo serviço desejado. Para facilitar, digite na barra de pesquisa “Bloquear/Desbloquear Benefício para Empréstimo Consignado”.; 
  5. Agora basta, Preencher os dados solicitados e siga as instruções indicadas na tela;
  6. Pronto!

Feito isso, o INSS tem até 30 dias para disponibilizar uma resposta a respeito do requerimento. Vale ressaltar que para quem deseja bloquear a possibilidade de empréstimo,  as etapas são as mesmas que as apresentadas pelo passo a passo descrito anteriormente. 

O ato de bloquear o benefício é uma excelente maneira de se proteger frente a golpes e fraudes deste tipo, que infelizmente têm sido cada vez mais frequentes. Isto porque, a autarquia já avisa previamente que não há interesse, por parte do titular, pelos créditos consignados.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Comentários estão fechados.