Empréstimo na conta de luz: Veja como funciona a modalidade

Financiar a conta de luz pode ser uma solução simples e prática para quem precisa de um crédito a mais.

Você já ouviu falar em financiamento a conta de luz? Se não, saiba que esta nada mais é que uma opção de crédito cuja contratação funciona de maneira simples e prática. A referida modalidade tem atraído cada vez mais consumidores brasileiros desde 2019. 

Isto tem ocorrido, pois, financiar a conta de energia tem sido a solução de muitos, frente a situações de inadimplência ou negativa junto aos órgãos de proteção ao crédito (Serasa, SPC, etc.). Vale lembrar, que estar na posição de devedor, é uma realidade de diversos brasileiros, visto que o país já soma mais de 60 milhões de inadimplentes. 

Nesta linha, já não é novidade que uma reputação ruim no mercado, dificulta consideravelmente a contratação de empréstimos mais tradicionais. Caso esta seja sua situação, financiar a conta de luz pode ser uma boa solução. Entenda como funciona a modalidade. 

Financiamento na conta de luz 

Previamente, cabe destacar ser sempre necessário analisar a oferta com cautela, quando o assunto é crédito, é essencial se certificar se as parcelas caberão no seu bolso, de modo que a contratação do serviço será um bom caminho para sair da inadimplência. 

De todo modo, financiar a conta de luz pode ser uma boa solução, para quem quer sair da posição de devedor, ou precisa de um crédito a mais, muitas vezes não conseguido nas modalidades mais tradicionais. 

Enfim, entenda nos tópicos abaixo como funciona a contratação da modalidade, bem como o que é necessário para conseguir o crédito. 

  • O pedido é realizado em instituições financeiras, como em qualquer outra categoria de crédito. Contudo, neste caso, a credora deve atuar com empréstimos por débito de consumo; 
  • Ao contratar o empréstimo, as parcelas serão incluídas na conta de luz, ou seja, mensalmente o consumidor pagará mensalmente a fatura de energia mais o valor da parcela, em uma conta;
  • Por fim, será necessário que o interessado apresente os seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência e comprovante bancário;
  • Através da modalidade, consumidores poderão adquirir empréstimos de até R$ 3.000.

Quem pode contratar o financiamento?

Assim como em outras modalidades de crédito, é preciso que o contratante atenda a alguns requisitos básicos, são eles: 

  • Ter idade entre 21 e 79 anos; 
  • Ser o titular da conta de luz, ou seja, a fatura deve estar no nome do solicitante; 
  • Residir em algum dos estados onde a modalidade está disponível – Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás, Ceará e Rio Grande do Sul. 

Comentários estão fechados.