Procurando empresas que emprestam dinheiro para negativados?

De fato, essa pode parecer a única saída para quem já está com o nome sujo, mas, ainda assim, precisa de dinheiro.

Só tenha bastante cuidado antes de tomar qualquer crédito do tipo.

Quando a urgência dá lugar à afobação, você acaba contratando empréstimos com juros estratosféricos, que superam 1.000% ao ano.

Pior do que isso: pode cair na tentação de supostas empresas que emprestam dinheiro para negativados a juros baixos, mas exigem um depósito antecipado.

E é justamente para oferecer tranquilidade e segurança para a sua decisão que criamos este artigo. Siga acompanhando!

Empresas que emprestam dinheiro para negativados: elas existem?

Sim, as empresas que emprestam dinheiro para negativados existem.

Antes de explicar os cuidados que você precisa tomar ao procurar por elas, no entanto, é fundamental entender por que esse mercado de crédito atrai tanta atenção.

O motivo é simples: o número de negativados no Brasil está em um dos maiores patamares da história.

De acordo com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), há mais de 60 milhões de brasileiros com o nome sujo.

O nome é negativado pelas instituições de proteção ao crédito quando o consumidor deixa de pagar uma dívida, como a prestação de um carro ou um financiamento, por alguns meses.

A partir daí, o consumidor não pode fazer compras parceladas, por exemplo, e tem o acesso a empréstimos bastante dificultado.

Nada mais óbvio, afinal, o risco de inadimplência é mais alto entre aqueles que não conseguem colocar seus compromissos em dia.

Mesmo assim, diante desse cenário, surge como opção as empresas que emprestam dinheiro para negativados.

As características do empréstimo para negativado

A principal característica do empréstimo para negativado são os juros altos.

E não é difícil entender por que isso acontece.

Para compensar o risco de inadimplência, as instituições financeiras se protegem com taxas muito acima de qualquer outro tipo de empréstimo.

Imagine, por exemplo, que você tem o nome sujo, decidiu fazer um empréstimo de R$ 10 mil para quitar uma dívida e escolheu uma das empresas que emprestam dinheiro para negativados a juros próximos de 1.000% ao ano.

No fim de doze meses, você estará devendo para a empresa inacreditáveis R$ 100 mil.

É claro que esse é um exemplo hipotético, mas vale como alerta.

Em geral, essas ofertas também são acompanhadas por uma série de restrições, como um valor baixo disponível, limite de parcelamentos e condições de pagamento.

Então, significa que nunca vale a pena buscar ajuda junto a empresas que emprestam dinheiro para negativados?

Na verdade, depende. É o que veremos agora.

Vale a pena contratar?

O mercado oferece poucas opções de crédito para quem está com o nome sujo.

Se é o seu caso e precisa de um empréstimo, cogite recorrer a um empréstimo consignado.

Ele é a modalidade mais usual porque existe uma garantia muito maior de que será quitado.

bancos convid 19
Empréstimo para negativado

No empréstimo consignado, o valor da prestação é abatido antes de a remuneração chegar ao consumidor que está com o nome sujo.

Ele é oferecido principalmente para aposentados e funcionários públicos.

Se você não se enquadra nessas situações, deve vasculhar o mercado para encontrar uma alternativa.

Excluindo a opção do empréstimo consignado, talvez só valha a pena buscar empresas que emprestam dinheiro para negativados em uma situação de emergência, como para cobrir uma inesperada despesa de saúde.

Leve em conta na sua decisão também o motivo pelo qual você precisa limpar o nome, o tamanho da dívida e da prestação, a reputação da empresa e o tempo de duração do empréstimo.

Como escolher empresa que empresta dinheiro para negativado

Está convencido de que precisa do dinheiro, mesmo com o nome sujo? Então, vamos ajudá-lo com dicas para escolher uma das empresas que emprestam dinheiro para negativados.

O primeiro passo é organizar-se financeiramente e tentar negociar com o atual credor uma forma de pagamento possível, reduzindo o peso da dívida no seu orçamento.

Se não tiver sucesso nessa tentativa, aí sim, siga as seguintes etapas:

Pesquise o máximo que puder

Antes de tomar qualquer decisão, o ideal é ter em mãos pelo menos três opções de empréstimos para poder comparar cada instituição.

Se tiver mais, melhor.

Analise as condições do empréstimo de cada empresa, o prazo de pagamento e, principalmente, os juros envolvidos na operação.

Certifique-se de que a empresa é segura

Você também precisa considerar se a empresa que está oferecendo o empréstimo é segura e confiável.

Para isso, a melhor dica é procurar recomendações de terceiros, consultar a reputação em sites de proteção ao consumidor, como o Reclame Aqui, e pesquisar junto a órgãos reguladores.

Assim, você se previne das fraudes, que são tão comuns nesse mercado.

Compare os juros de cada instituição

Calcule o quanto você vai pagar ao final do empréstimo para cada opção e veja se o valor da prestação cabe na sua organização financeira.

Você precisa escolher aquela que cobra os menores juros e que oferece uma parcela que não vai gerar endividamento novamente.

Essa será a melhor opção entre todas as empresas que emprestam dinheiro para negativados.

Enquanto segue na sua busca, o ideal é traçar um planejamento paralelo para reorganizar as finanças e quitar as dívidas.

Ainda que não consiga limpar o nome sem um empréstimo, ao menos, conseguirá reduzir o tamanho da sua pedida.

E quando se fala em juros altíssimos, faz muita diferença pedir R$ 1 mil ou R$ 10 mil emprestados, por exemplo.

Agora, é só colocar em prática o que aprendeu neste artigo.

Fonte: Azulis