Enem poderá não ser aplicado em 2021

0

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não deverá ser aplicado 2021, ficando para janeiro de 2022 a realização das provas. Segundo o G1 (Portal de Notícias da Rede Globo), a presidente do Conselho Nacional de Educação (CNE), Maria Helena Guimarães de Castro disse que a declaração foi dada por Danilo Dupas Ribeiro, presidente do órgão responsável pelo Enem. Ribeiro teria afirmado que há problemas no orçamento para a realização da prova e que uma portaria deverá ser publicada nesta sexta-feira (14) sobre o tema.

Tomaz Silva/Agência Brasil
Rio de Janeiro – Estudantes chegam ao Colégio Santo Inácio, em Botafogo, zona sul da capital fluminense, para o segundo dia de provas do Enem 2016. (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Danilio Dupas Ribeiro é presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), ligado ao Ministério da Educação (MEC) responsável pela prova. Já o CNE é o órgão que assessora o MEC na elaboração de políticas nacionais.
Em 2020 aconteceu também das provas serem adiadas, devido à pandemia do novo coronavírus. Aplicação acabou acontecendo em janeiro de 2021.

Na terça-feira (11) foi publicada uma portaria com as metas globais e não inclui a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021, considerado o maior vestibular do país.

Nesta semana, uma portaria publicada com as metas do ano para o Inep não previam a realização do exame, somente “planejamento e preparação técnica”. Segundo o documento, elas foram elaboradas a partir da análise do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA).

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil