Entenda a importância de realizar o envio correto da EFD-Contribuições

Confira a importância de realizar o envio correto da EFD e 10 erros comuns ao realizar seu envio.

O EFD-Contribuições aparece nesse assunto por se tratar do arquivo digital que registra e apura o pagamento da contribuição realizada pelas pessoas jurídicas especificamente nos casos do PIS/PASEP e COFINS.

Nesse conteúdo, esclarecemos as principais dúvidas sobre esse tema tão importante. Fique de olho e entenda quais são os principais erros.

Entenda o que é a Empresas na EFD-CONTRIBUIÇÕES

A grande parte das empresas ainda possui muitas dúvidas em relação à geração da EFD Contribuições. 

Os arquivos digitais de escrituração do PIS/PASEP, da COFINS e da Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta são enviados mensalmente pelas pessoas jurídicas sujeitas à apuração das referidas contribuições sociais. 

Por ser base de uma série de cruzamentos, é primordial que as informações da EFD Contribuições estejam corretas.

Abaixo citaremos alguns itens que são comuns às empresas não observarem quando da entrega de seus arquivos entregues à RFB. Se você é empreendedor ou quer tornar-se um, já deve saber, mesmo que superficialmente, a importância da EFD-Contribuições.

A importância de enviar corretamente

Pressupondo que se trata de uma série de cruzamentos de dados, é essencial que as informações da EFD Contribuições estejam corretas. Isso faz parte da rotina das empresas o controle e realização de contribuições obrigatórias recolhidas pela Receita Federal. 

Isso porque, os arquivos digitais correspondentes à escrituração do Programa de Integração Social (PIS), o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP), a Contribuição Social para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), bem como a Contribuição Previdenciária sobre a receita bruta.

Esses dados são enviados mensalmente pelas pessoas jurídicas que se sujeitam à apuração das tais contribuições sociais. 

Neste contexto, uma equipe de especialistas fiscais da e-Auditoria foi reunida, o que complicou ainda mais os principais fatores relacionados à declaração responsável por induzir o erro às empresas, este estudo se baseou em mais de 140 mil arquivos que foram cuidadosamente analisados por servidores da e-Auditoria.

10 erros comuns ao enviar a declaração

Agora que você já sabe o que é a EFD Contribuições e sua importância de enviá-la corretamente citarei 10 erros comuns que podem acontecer no envio. Não informar as receitas financeiras;

  1. Não informar as receitas financeiras.
  2. Informação indevida da base de cálculo e alíquota do PIS e Cofins;
  3. Escrituração de documento fiscal não se refere à operação geradora de crédito;
  4. Escrituração de documento fiscal sem relação à operação geradora; 
  5. Escrituração nos Registros 1100 e 1500 dos créditos de PIS e Cofins por saldos acumulados;
  6. Escrituração de notas fiscais canceladas;
  7.  Escrituração incorreta do Registro F200 para a receita de aluguel;
  8. Ocultação dos valores retidos na fonte;
  9. Não detalhamento das receitas ou créditos pelos estabelecimentos;
  10. Entrega da EFD Contribuições sem movimento.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Comentários estão fechados.