Não é de hoje que a contabilidade deixou de ser algo apenas relacionado aos tributos. Atualmente, essa ciência está presente na rotina das empresas, trazendo informações determinantes para o alcance dos objetivos. No entanto, para usufruir dos benefícios disponibilizados pela contabilidade, é imprescindível saber o que são relatórios contábeis.

Esses documentos são um conjunto de demonstrativos que descrevem informações técnicas, contábeis e financeiras de um negócio. Entre eles existem alguns que são obrigatórios e seguem o padrão estabelecido pela classe contábil, assim como outros que não são obrigatórios por lei, mas que trazem informações gerenciais determinantes para a tomada de decisão.

Para que você aprimore cada vez mais seus conhecimentos gerenciais, neste post trouxemos as principais informações sobre o que são relatórios contábeis. Aprecie a leitura e confira!

Balanço Patrimonial

O principal objetivo da contabilidade é o estudo do patrimônio a partir dos registros contábeis realizados durante um determinando período. Após esse processo, é o momento de demonstrar os fatos contábeis ocorridos por meio de demonstrativos — um deles é o Balanço Patrimonial. Esse demonstrativo é um dos exigíveis por lei, além de ser uma das principais fontes de informações para a gestão financeira. Nele são mencionados contas patrimoniais, bens, direitos e obrigações.

A partir do Balanço Patrimonial, é possível analisar os principais indicadores financeiros, entre eles podemos mencionar:

  • margem de lucratividade;
  • retorno sobre o investimento;
  • índice de endividamento;
  • liquidez corrente;
  • liquidez imediata.

Via de regra, sempre que o ativo é maior que o passivo significa que a empresa opera de forma positiva, por outro lado, quando o passivo se sobrepõe ao ativo, há um momento de risco que exige atenção redobrada dos empresários.

ISS

Demonstração do Resultado do Exercício

Mais conhecido como DRE, esse é mais um dos demonstrativos contábeis exigidos por lei. Nele são retratados todos os resultados operacionais e é possível visualizar receitas, despesas, custos e impostos, finalizando com o resultado do exercício. Esse resultado pode ter um saldo positivo, que representa o lucro, ou negativo, que significa o prejuízo.

Juntamente com o Balanço Patrimonial, a Demonstração do Resultado do Exercício é de suma importância para a tomada de decisão. Por meio da DRE, é possível obter indicadores imprescindíveis para a gestão, como retorno sobre as vendas, margem líquida e ponto de equilíbrio.

Demonstração do fluxo de caixa

A DFC é responsável por demonstrar as informações sobre o caixa e os equivalentes de caixa. Nela os dados são separados por categorias: atividades operacionais, atividades de investimento e atividades de financiamento. Com esses dados em mãos, o gestor consegue controlar as entradas e saídas de caixa e, em razão disso, é possível traçar estratégias que reduzam os custos e despesas. De modo geral, seu principal objetivo é expor dados essenciais sobre os recebimentos e pagamentos durante o exercício.

Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados

A DLPA tem como principal finalidade exibir a destinação do resultado do exercício, ou seja, como foi aplicado o lucro líquido obtido pela empresa. Segundo as regras contábeis, o lucro deve ter uma destinação. Dessa forma, a conta de lucros ou prejuízos acumulados não deve ter saldo.

Conforme a Lei 6.404/76, esse demonstrativo é obrigatório para as empresas tributadas no regime fiscal do Lucro Real. Via de regra, a DLPA esclarece o andamento da empresa durante o exercício social, sendo de grande valia para a avaliação dos usuários externos.

Saber o que são relatórios contábeis é determinante para obter de forma concreta as informações e entender como utilizá-las. Um empreendedor que não tem esse conhecimento tende a ficar em desvantagens frente aos seus concorrentes.

Dica especial para contadores iniciantes ou com pouca experiência

Atenção você contador ou estudante de contabilidade, conheça nosso treinamento voltado para contadores iniciantes, ensinando na prática procedimentos contábeis que todo contador precisa saber, mas que não se ensina na faculdade.

Tudo que você precisa saber para abrir, alterar e encerrar empresas, além da parte fiscal de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido e MEIs, Contabilidade, Imposto de Renda. Quer saber mais? Então clique aqui e não perca esta oportunidade!

Conteúdo original HT Contábil

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.