Entenda tudo sobre empresas que sujam o nome do consumidor indevidamente

É bem possível que você conheça alguém que está no vermelho e com o nome negativado por dívidas.

Normalmente, as empresas que mais negativaram brasileiros são instituições bancárias, por exemplo. 

No entanto, todo tipo de empresa pode negativar um consumidor, basta existir uma relação de consumo entre as partes.

Apesar disso, nem todos os devedores realmente têm alguma pendência ou sabem se estão devendo alguma quantia.

Leia também: Nome sujo indevidamente: O que fazer?

Isso pode acontecer, inclusive, pelo fato de algumas pessoas terem seu nome sujo indevidamente.

Ou seja, sem que a dívida negativada seja realmente legítima.

Sendo assim, é importante que o consumidor saiba como identificar e o que fazer quando uma empresa suja o nome indevidamente.

E, além disso, quais são seus direitos e como exigir uma compensação em dinheiro pelo erro da empresa.

Saiba que a Resolvvi pode lhe ajudar a buscar seus direitos e limpar seu nome.

Quer saber tudo sobre empresas que sujam o nome do consumidor indevidamente? Basta continuar a leitura deste artigo.

Como uma empresa por sujar o nome indevidamente?

Provavelmente, você deve saber que a maneira mais comum de ter o nome sujo é fazendo dívidas que não consegue pagar.

O que é, na verdade, o reflexo de vários fatores, dentre eles, o planejamento financeiro.

Apesar disso, outros consumidores, que sequer fizeram qualquer dívida e que não estão no vermelho, também podem ter ou tem seu nome negativado.

Nesses casos, significa dizer que foram vítimas de uma negativação indevida.

Ou seja, que uma empresa sujou o nome indevidamente.

Tal situação acontece, infelizmente, com frequência, o que pode apavorar quem faz tanto esforço para manter as contas em dia.

Por isso, é muito importante saber como identificar este erro da empresa sujar o nome indevidamente.

As maneiras mais comuns são:

1) Conta já paga

Neste caso, o consumidor contratou determinado serviço ou consumiu um produto, mas suas pendências com a empresa já foram pagas.

No entanto, muitas vezes algumas empresas esquecem de dar baixa no pagamento e seguem cobrando o consumidor, gerando inclusive a inscrição indevida nos órgãos de proteção ao crédito.

Leia também: Paguei a dívida e meu nome continua negativado, como resolver?

Por outro lado, o problema também pode ocorrer em caso de pagamento de acordos de dívida, em que foi definido uma proposta de pagamento e o consumidor honrou com o acordo.

No entanto, após o pagamento do valor total ou da primeira parcela, o nome não foi retirado dos órgãos de proteção ao crédito.

3) Serviço não contratado

Algumas empresas insistem em enviar cobranças e negativar o nome de pessoas que nunca contrataram o serviço, ou que já foi cancelado.

Por exemplo, quando você recebe uma fatura de um serviço de TV a cabo, e esta conta leva seu nome a ser negativado, ocorreu uma negativação indevida.

Clique aqui e entenda mais sobre o assunto.

Além disso, a situação também é frequente em casos de vítimas de golpes e fraudes, em que as dívidas feitas em seu nome deixam ele sujo.

3) Serviço ou contrato cancelado

Já imaginou cancelar um serviço e continuar sendo cobrado por ele?

E, para piorar, descobrir que foi negativado nos órgãos de proteção ao crédito por isso?

Infelizmente um consumidor pode ser negativado por um serviço que já formalizou o cancelamento.

No entanto, por desorganização da empresa, o consumidor continua recebendo cobranças indevidas.

E, além disso, acaba com uma inscrição indevida do CPF nos órgãos de proteção ao crédito.

O que acontece quando uma empresa suja o nome indevidamente?

Quem paga as contas em dia e se esforça ao máximo para organizar o orçamento com certeza não gostaria de ser surpreendido por uma negativação indevida.

Principalmente considerando as consequências do problema em sua vida financeira.

Caso você não saiba, quando seu nome está sujo, significa que você não é um consumidor confiável para as empresas que cedem crédito.

Designed by fizkes / shutterstock
Designed by fizkes / shutterstock

Por isso, se você estiver negativado, mas desejar fazer um novo cartão de crédito, provavelmente não conseguirá.

No entanto, a situação é bem diferente quando seu nome foi sujo de forma indevida.

Mas, mesmo assim, o consumidor que uma empresa suja o nome indevidamente sofre os mesmos efeitos.

Que são, por exemplo, a impossibilidade de conseguir crédito, empréstimos, financiamentos, etc.

E, até mesmo, não conseguir um emprego, em caso de desempate entre candidatos.

Confira o que fazer quando uma empresa suja seu nome indevidamente

Agora você já sabe como uma empresa pode sujar seu nome indevidamente.

E, além disso, também está por dentro dos principais casos que geram esse problema.

Sendo assim, chegou a hora de conhecer seus direitos e saber o que fazer quando uma empresa suja seu nome indevidamente.

Primeiramente, é importante saber que o consumidor deve exigir seus direitos!

Isso significa, em resumo, que a empresa deve:

  • limpar seu nome;
  • restaurar seu score de crédito;
  • pagar uma compensação em dinheiro pelo erro cometido.

Logo, o primeiro direito que o consumidor tem é o de que seu nome seja imediatamente retirado dos órgãos de proteção ao crédito. 

Isso deve ser feito de imediato, pelo fato da inscrição no Serasa ou SPC gerar efeitos nocivos como, por exemplo:

  • Dificuldade em obter crédito para financiamento ou empréstimo;
  • Não conseguir realizar matrícula em instituição de ensino privada;
  • Não poder abrir uma conta corrente em uma instituição bancária.

Além desse direito, o consumidor pode, dependendo do caso, receber uma compensação em dinheiro pelo transtorno que sofreu com a negativação.

Ou seja, ser indenizado em danos morais pela empresa.

Então a empresa paga indenização por sujar o nome indevidamente?

A resposta é sim!

Principalmente, pelo fato de que, quando uma empresa suja seu nome indevidamente, o consumidor sofre com todas consequências da negativação, mesmo que injustamente.

Considerando, por exemplo, que ter o nome negativado significa que aquela pessoa não cumpre com seus compromissos.

Logo, o mercado não deve fechar negócio com ela, pelo fato de não ser uma boa pagadora.

Ou seja, a honra do consumidor fica diretamente atingida, e tudo em razão da negativação indevida, que aconteceu através de um erro da empresa.

Então, se uma instituição bancária ou qualquer empresa provocam esse estresse e sofrimento, elas devem arcar com o prejuízo financeiro e indenizar o consumidor.

Mas como pedir danos morais por nome negativado indevidamente?

Apesar da possibilidade de obter uma indenização por dano moral quando uma empresa suja seu nome indevidamente, ainda existem consumidores com receio de buscar seus direitos.

Isso pode acontecer pelo fato de o consumidor pensar que existe muita burocracia e o processo de entrada na justiça é lento.

Por isso, para mostrar que o acesso aos seus direitos na justiça pode ser fácil e rápido, sem burocracia e complicação, a Resolvvi vai te ajudar.

Se você fez a consulta do seu CPF e descobriu que está com o nome sujo injustamente, não deixe de exigir seus direitos.

Com a ajuda da Resolvvi, você poderá fazer um acordo com a empresa para retirar a negativação e lhe pagar uma compensação em dinheiro.

Tudo é feito de forma online e você pode acompanhar seu caso em tempo real.

Fonte: Resolvvi

Comentários estão fechados.