Epamig oferecerá cursos superiores de tecnologia em Laticínios e Agropecuária de Precisão em 2022

O ILCT e o ITAC, poderão oferecer cursos gratuitos de Tecnologia em Laticínios e em Agropecuária de Precisão já em 2022.

O Conselho Estadual de Educação de Minas Gerais (CEE/MG) certificou oficialmente as instituições técnicas vinculadas à Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) como rede de ensino superior estadual.

Após a adesão, o Instituto de Laticínios Cândido Tostes (ILCT), em Juiz de Fora, e o Instituto Técnico de Agropecuária e Cooperativismo (ITAC), em Pitangui, poderão oferecer, os cursos gratuitos de Tecnologia em Laticínios e em Agropecuária de Precisão já em 2022.

A certificação também possibilita que essas duas faculdades ofereçam cursos de pós-graduação nas modalidades lato sensu e stricto sensu pelos dois institutos.

Nilda Ferreira Soares, CEO da Epamig, considera esta decisão um marco na integração investigação e ensino, “Com essa autorização, nossas unidades de ensino evoluem para outro patamar, que terá impacto positivo na empresa como um todo. As duas atividades são complementares. O ensino superior abre novos campos para a pesquisa e a pesquisa contribui para a excelência do ensino”.

Formato

Cada curso oferecerá 40 vagas por ano. A admissão será realizada por meio de processo seletivo,  com editais próprios, que serão disponibilizados nos sites www.epamig.br/ilct/ e www.epamig.br/itac/ em janeiro de 2022.

O sistema acadêmico será de um semestre, em período integral, e as atividades pedagógicas serão distribuídas em cinco semestres.

O curso será presencial e o estágio supervisionado pode ser realizado no sexto semestre. 

Como parte da rede pública de ensino superior de Minas Gerais, as formações serão gratuitas.

Diferenciais

O curso superior de Tecnologia em Laticínios busca formar profissionais que possam planejar, implementar, executar e avaliar os processos relacionados ao beneficiamento, à industrialização e à conservação de leite e derivados, desde a matéria-prima ao produto.

O coordenador pedagógico da Epamig, Frederico Passos, explica que: “O projeto pedagógico conta com as características que sempre diferenciaram o curso técnico da Epamig ILCT: o conhecimento teórico associado às atividades práticas, com foco no desenvolvimento de projetos. O estudante terá formação específica para aplicação e desenvolvimento de pesquisa e inovação tecnológica; difusão de tecnologias; gestão de processos de produção de bens e serviços; e desenvolvimento da capacidade empreendedora”.

O curso superior de Tecnologia em Agropecuária de Precisão da Epamig ITAC será o primeiro com este enfoque no Brasil.

“Trata-se de um curso em Agropecuária que incorpora conteúdos teóricos e práticos voltados para os mais modernos conceitos da agricultura e da pecuária de precisão. É uma área nova, necessária para o agronegócio de Minas Gerais e do Brasil”.

Comentários estão fechados.