Aprender quais são os erros cometidos na hora de gerar a é sempre a opção mais interessante. Ao evitar, é mais simples de não desperdiçar recursos financeiros da empresa e nem prejudicar o passivo.

Mensalmente é comum que a dê problemas, principalmente para aqueles que não tem um bom software. Além disso, é frequente que as mudanças na legislação venham a prejudicar a inserção de valores no sistema.

Para evitar esses problemas é simples e o texto mostrará os principais erros na hora de gerar a . Em seguida, é simples e basta apenas ter cuidado, evitando os pontos citados e tendo um bom resultado final.

Afinal, quais são os erros mais comuns ao gerar a ?

Um dos maiores problemas que existem é ter uma elevada, pois pode gerar custo para a empresa. Sendo assim, é preciso entender os erros mais frequentes e abaixo veja como dá para minimizá-los com facilidade.

1.   

Aumentar o valor líquido a ser pago aos funcionários e não recuperá-los no total, é o priro dos erros cometidos na hora de gerar a . Vale refeição para colaboradores em férias é o maior exemplo desse tipo de erro.

Se um colaborador se afasta por um período, a empresa não deve fornecer esse benefício e nem outros. Por exemplo: se o funcionário não está trabalhando, de nada adianta pagar vale transporte para ida/volta ao trabalho.

A rescisão de contrato é outro exemplo dos erros na hora de gerar uma , gerando valores maiores. Por outro lado, a revisão é uma medida interessante e analisar com atenção, é a melhor opção.

2.    Falta de observação das legislações trabalhista e tributária

O aumento dos passivos trabalhistas pode ter relação com a elevação dos gastos na . Bem como, basta um software começar a ter falhas nos parâmetros e o resultado final é oferecer dados inconsistentes.

Buscar profissionais capacitados é o caminho e faz com que a parametrização seja realizada, dominando duas questões: tributárias e trabalhistas. Do mesmo modo, a composição salarial e os descontos (quando inclusos) devem ser feitos.

A contratação de uma equipe bem preparada é um diferencial, porque as mudanças nas legislações acontecem com frequência. Dessa forma, automatizar os processos evitar esse erro ao gerar a .

3.    Usar planilhas ou registros manuais

A utilização de planilhas ainda é comum e dos registros manuais, também, ou seja, podem fornecer erros graves. O risco presente, de maneira geral, é maior, porque não há sistemas em paralelo e nem a checagem das fórmulas usadas.

A princípio, o uso de softwares é melhor e devem ser inerentes a gestão, automatizando o processo de cálculo. Logo depois, a chance de existir algum erro é menor e traz mais segurança para a operação, como um todo.

4.    Negligenciar as mudanças de leis e acordos na hora de gerar a

Em priro lugar, as mudanças nas leis e nos acordos, em suma, acontecem direto o departamento pessoa deve atualizar-se sobre as modificações. Assim, é primordial ter cuidado ao interpretar as novas regras e acabar errando.

Certamente que a contratação de uma equipe especializada é o melhor caminho e pode ser até uma terceirização. Dessa forma, os custos são menores e a empresa ainda não correte os erros quando for gerar a .



DICA: Se prepare e se especialize em Departamento Pessoal

Gostaríamos que conhecessem nosso treinamento completo e totalmente na prática de departamento pessoal e eSocial para contadores. Aprenda todos os detalhes do departamento pessoal de forma simples e descomplicada. Saiba tudo sobre regras, documentos, procedimentos, leis e tudo que envolve o setor, além de dominar o eSocial por completo. Essa é a sua grande oportunidade de aprender todos os procedimentos na prática com profissionais experientes e atuantes no segmento, clique aqui acesse já!