Site icon Rede Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal

Esgotamento mental: Como líderes podem auxiliar seus colaboradores a evitarem esse problema?

Photo by @senivpetro / freepik

Photo by @senivpetro / freepik

A pandemia trouxe o isolamento social, e, entre outros malefícios, o excesso de trabalho. Com esse excesso, os colaboradores acabam levando a mente e o corpo ao limite.

Em muitos casos, essa situação pode levar à Síndrome de Burnout, que, na tradução livre para o português, significa algo como “queimar por completo”.

Quem sofre com o Burnout pode apresentar quadros de depressão, fadiga mental, emocional e física, resultado do acúmulo de estresse por conta de uma rotina profissional com excesso de responsabilidades, muita competitividade e uma grande quantidade de trabalho.

Dados da International Stress Management Association (ISMA-BR), apontam que o Brasil é o segundo país com o maior número de afetados pela Síndrome de Burnout.

Os problemas de esgotamento mental são o resultado da cultura tóxica de uma empresa, segundo Ana Paula Tognotti, psicóloga do Zenklub, maior plataforma de saúde emocional e desenvolvimento pessoal do Brasil.

De acordo com a especialista, é preciso avaliar a cultura empresarial, pois os gestores são responsáveis pelas práticas que determinam o alinhamento entre o ambiente organizacional e o planejamento da corporação.

“Antes de tudo, é importante planejar quaisquer tipos de ações para diminuir a probabilidade de esgotamento mental da equipe e analisar se as práticas estão facilitando a sensação de segurança e acolhimento na empresa. As pessoas precisam entender o contexto do qual fazem parte como sendo propício para compartilhar assuntos mais íntimos que lhes podem causar algum desconforto”, completa a psicóloga.

Para auxiliar as lideranças, Ana Paula Tognotti elenca cinco dicas que ajudam a evitar o esgotamento mental das equipes: 

Sobre o Zenklub

O Zenklub é a maior plataforma de saúde emocional e desenvolvimento pessoal do Brasil. Criado em 2016 pelo médico Rui Brandão e pelo doutor em Computação e Telecomunicações, José Simões, atualmente atende brasileiros em 187 países e 1205 cidades.

Dica Extra do Jornal Contábil: Você gostaria de trabalhar com o Departamento Pessoal?

Já percebeu as oportunidades que essa área proporciona?

Conheça o programa completo que ensina todas as etapas do DP, desde entender os Conceitos, Regras, Normas e Leis que regem a área, até as rotinas e procedimentos como Admissão, Demissão, eSocial, FGTS, Férias, 13o Salário e tudo mais que você precisa dominar para atuar na área.

Se você pretende trabalhar com Departamento Pessoal, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um profissional qualificado.

Sair da versão mobile