eSocial – Fortes Tecnologia orienta empresas no processo de adaptação

0
982

Norma do Governo Federal começa a entrar em vigor em 1º de janeiro de 2018

Fortaleza, julho de 2017 – A partir de 1º de janeiro de 2018 o eSocial passa a ser obrigatório para empresas que registraram faturamento acima de R$ 78 milhões em 2016, enquanto para as demais companhias a norma entra em vigor no mês de julho do mesmo ano. O projeto visa unificar o envio de informações do empregado pelo empregador ao Governo Federal. Para evitar multas e dificuldades na transição, a orientação é de que uma série de medidas preparatórias seja adotada, como adaptação de processos, comunicação clara das mudanças, capacitação dos profissionais, entre outras.

Deu a louca na Ensino Contábil, cursos de 80 a 110 reais (Saiba Mais)

Sávio Pierre, diretor de produtos da Fortes Tecnologia ressalta que o eSocial não foi criado para mudar a legislação ou dificultar a vida do empregador. A ideia é justamente desburocratizar as questões relacionadas ao Fisco no Brasil e tornar os processos mais fluidos, enquanto refina e centraliza os dados gerados. “Sem dúvida, o eSocial vai causar mudanças profundas nas empresas, inclusive com relação à cultura dos modelos de trabalho. Mas, esses ajustes serão para o bem. Acredito, porém, que será menos traumático para os empregadores que iniciarem o processo de adaptação o quanto antes”, explica.

Para orientar os empregadores no processo de implantação do eSocial, os especialistas da Fortes Tecnologia listam seis boas práticas:

  1. Adaptar os processos – Com o eSocial, a formalização deverá acontecer em tempo real, trazendo, aqui, uma necessidade de refinamento dos processos e mudança de cultura dentro das organizações.
  2. Alinhar a comunicação entre a empresa e o escritório de contabilidade – Em muitas empresas, a equipe responsável por prestar contas ao Fisco é terceirizada, inclusive, alocada em um espaço físico distante da sede. Essa realidade representa um possível obstáculo para que as companhias consigam transmitir as informações ao governo em tempo real.
  3. Qualificar os profissionais – Com a implantação do eSocial será imprescindível que os profissionais que atuam no Departamento Pessoal e Recursos Humanos entendam detalhes da legislação trabalhista e sobretudo as consequências em caso de atraso na transmissão das informações trabalhistas.
  4. Sanear os dados – É importante que as empresas verifiquem se os dados que possuem no sistema de folha de pagamento e gestão de pessoas são os mesmos exigidos pelo eSocial e, caso necessário, fazer o levantamento das informações faltantes.
  5. Checar se os softwares são adequados – Todas essas mudanças na rotina de trabalho das empresas precisam ser suportadas por softwares adequados de folha de pagamento e de gestão de pessoas, que sejam aderentes à legislação. Com o eSocial, o Fisco aumentará o seu padrão de exigências.
  6. Investir em infraestrutura tecnológica – Há tempos, empresas e escritórios de contabilidade vêm utilizando a internet para transmitir informações ao governo, porém utilizam em menor frequência do que virá a ser requerido. Diante da exigência do eSocial para a transmissão de dados em tempo real, as companhias terão que se preocupar com a qualidade de sua conectividade.

Benefícios a todos os envolvidos – Com relação aos benefícios do eSocial, os especialistas da Fortes Tecnologia reforçam o projeto trará segurança a todos os envolvidos:

  • Empregador – Passado o período de amadurecimento do eSocial e de adaptação das empresas ao programa, a tendência é de que os empregadores ganhem em desburocratização, com a unificação das obrigações acessórias (GFIP, RAIS, DIRF, entre outras) em um único informe.
  • Empregado – O eSocial vai impor, por exemplo, um controle mais rígido relacionado a processos que envolvem saúde e segurança dos empregados. Em resumo, vai viabilizar garantia de direitos previdenciários e trabalhistas.
  • Governo – Para o Governo, o maior benefício está relacionado à redução e/ou extinção da sonegação de impostos e a eventuais erros com relação aos valores arrecadados.

FORTES TECNOLOGIA – A Fortes Tecnologia em Sistemas é uma empresa do Grupo Fortes de Serviços e atua há mais de 25 anos na área de tecnologia da informação, desenvolvendo soluções para gestão empresarial. Especializada em desenvolvimento de softwares inteligentes, a empresa oferece serviços que auxiliam na gestão contábil, financeira, de pessoas, transporte e logística. Criada por quem entende das necessidades das empresas – o contador, advogado e matemático, especialista em Administração Financeira e Matemática Aplicada e mestre em Administração de Empresas, José Carlos Fortes -, a Fortes Tecnologia nasceu com o objetivo de oferecer um serviço de suporte técnico moderno, dinâmico, simples e de alto padrão. Recentemente, a empresa conquistou o primeiro lugar no ranking dos softwares que os clientes mais recomendam como referência em sistemas de contabilidade, de acordo com a edição de 2016 do “Panorama Completo dos Softwares Contábeis”, estudo realizado pela Nibo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here