Especialista em modelagem computacional e inteligência artificial da UnB/Finatec irá participar da 3ª edição da Campus Party, em Brasília

O evento deverá reunir cinco mil campistas e mais de 60 mil visitantes, além de entidades de pesquisa e inovação, como a Academia Finatec

De 19 a 23 de junho, Brasília irá sediar mais uma vez um dos maiores eventos de tecnologia do mundo: a Campus Party. A experiência reunirá no estacionamento do Estádio Mané Garrinha mais de cinco mil jovens geeks, empreendedores, e pessoas interessadas por inovação e tecnologia. Neste ano, a terceira edição que chega na Capital, terá mais de 350 horas de conteúdo entre palestras, seminários, oficinas, workshops, amostras e espaços interativos.

Um dos destaques do evento é o Palco Feel the Future, que terá a participação do especialista e referência em modelagem computacional e Inteligência Artificial (IA), Li Weigang, que também é professor titular na UnB (Universidade de Brasília) e parceiro da Academia Finatec solução educacional criada para formar uma geração de profissionais inovadores para o mercado com foco no presente e nos desafios do futuro.

Weigang irá falar sobre Inteligência Artificial (IA) no dia 22, a partir das 11h. Pós doutor pela University of Calgary, no Canadá, o professor é participante da Associate Editor of Frontiers of Inf. Technology & Electronic Eng. e faz parte do comitê do Congresso Nacional de Inteligência Artificial e Computacional. O pesquisador é um dos principais investigadores na área de IA na UnB e já publicou centenas de trabalhos na área, além de ter ganhado vários prêmios, entre eles, o Championship of WISE 2012 Challenge e o Prêmio CNT de Produção Acadêmica.

Na participação de destaque na Campus Party, onde o especialista irá representar a Academia Finatec, ele vai compartilhar as principais metodologias e aplicações da IA nos diversos campos de pesquisa. Também falará sobre o impacto da IA em setores que já utilizam essa tecnologia em suas aplicações, como a robótica, o sistema de processamento de dados, os sistemas gerenciais, a digitalização, o uso tecnológico na assistência à saúde, o desenvolvimento da infraestrutura inteligente, além de conceitos como smarth health e smart cities.

No tradicional camping da Campus Party BSB, onde os milhares de jovens montam barracas e iniciam uma verdadeira imersão no universo digital, será disponibilizado mais de 20 gigas de internet de alta velocidade. Além do Feel the Future, participantes e convidados terão a oportunidade de visitar os palcos Steam, Creativity, Entrepreneurship e Coders. Poderão, ainda, interagir com startup e makers, batalhas e workshops interativos envolvendo educação do futuro, crianças Hackers, roboticampus, drones e simuladores.

Futuro Inteligente

A Campus Party, segundo o professor Weigang, é um momento em que práticas tecnológicas inovadoras ganham mais espaço. Ele destaca que o evento traz diversas tecnologias desenvolvidas para mudar a vida das pessoas, que resultam em benefícios sociais. Para o especialista, a Inteligência Artificial é uma tendência que se desenvolve de acordo com as necessidades humanas.

“Nós estamos na era da IA, quais avanços dela merecem destaque no mundo? O que se passou a pensar é que todo ser humano é capaz de entender a IA e saber que ela possui uma capacidade de aprendizagem muito maior que a do ser humano. Smart Cities, menos congestionamentos, a gestão de governança, IA aplicada à saúde Health Care, estes são apenas alguns exemplos de como a tecnologia beneficia a sociedade”, destaca o especialista.

A Campus Party é um espaço dedicado às novas gerações de pesquisadores, desenvolvedores, jovens empreendedores e pessoas apaixonadas por inovação e tecnologia. De acordo com Weigang, a tecnologia já domina todas as áreas de conhecimento. Ele explica que o objetivo da IA é justamente entender as necessidades humanas e supri-las. No entanto, para que haja desenvolvimento da Inteligência Artificial, é necessário que haja investimento nas novas gerações, lembra o professor.

“No Brasil, ainda há muito o que fazer em relação às pesquisas e desenvolvimento da Inteligência Artificial, na UnB, por exemplo, o apoio é grande em relação ao ensino de IA, o ideal seria que todos os cursos de graduação ensinassem ao menos o básico. A sociedade ainda precisa entender que a IA não aparece apenas na novela, nos filmes, e isso ainda é um grande desafio.”, defende o professor.

Diversas instituições de pesquisa e inovação do Distrito Federal deverão participar do evento, entre elas: A Finatec, representantes do Governo do Distrito Federal, além de faculdades, escolas e centros de educação.