Estados começam a emitir o novo RG digital obrigatório em agosto

A nova Carteira de Identidade Nacional, popularmente divulgada como RG digital devido à opção de acesso ao documento em versão online, já foi anunciada pelo governo há alguns meses.

No entanto, como o novo documento trouxe diversas mudanças muitos estados estão no processo de adequação para emissão do novo documento.

Dessa forma, o Governo Federal anunciou agora a data de início das emissões, que acontecerá a partir de agosto, contudo, somente alguns estados estão na lista neste primeiro momento.

Vale lembrar que o novo RG será o documento oficial dos brasileiros, contudo, a exigência do novo modelo do documento de identidade ocorrerá somente daqui a 10 anos.

Dessa maneira, mesmo que o documento seja oficial, todos os cidadãos terão tempo hábil suficiente para realizar a troca do RG para o novo modelo.

Emissão do novo RG digital

A primeira fase de implementação do novo modelo da Carteira de Identidade Nacional terá início no dia 4 de agosto. Por enquanto, somente os seguintes Estados vão emitir o novo documento:

  • Minas Gerais
  • Acre
  • Pernambuco
  • Goiás
  • Distrito Federal
  • Paraná
  • Santa Catarina
  • Rio Grande do Sul.

O processo de emissão para os demais estados ocorrerá gradualmente e deve ser concluída até março de 2023, a data máxima estipulada pelo governo para que os órgãos de identificação estejam preparados para emitir o novo documento.

O que muda no novo RG?

O principal objetivo do novo RG digital está na unificação das informações dos cidadãos brasileiros através do Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Resumidamente falando, o RG não terá mais um número exclusivo do documento como antes, isso porque a numeração do novo documento de identidade será composta pelos 11 dígitos do CPF.

A unificação do RG com a numeração do CPF trará mais segurança aos dados dos brasileiros, devendo ainda evitar fraudes e crimes como estelionato.

Além disso, o documento virá com novos itens de segurança que vão dificultar e muito a falsificação da Carteira de Identidade.

Vale lembrar ainda que o sistema atual do RG era extremamente inseguro, porque cada estado era responsável por emitir os números do documento do cidadão.

Desta forma, um brasileiro que tirou a primeira via em um estado e posteriormente se mudou para outro e teve que pedir uma nova via do documento receberia um RG com numeração diferente da primeira via.

Ao final, todo e qualquer cidadão que quisesse pedir uma nova via do RG em outro estado poderia ter até 27 números diferentes do documento, o que é um grande problema para a realidade atual.

Por fim, o novo RG também trará a versão digital do documento que poderá ser acessado pela plataforma gov.br, descartando a necessidade de ficar andando por aí com o documento físico.

Como emitir o novo RG?

O cidadão que já queira emitir o novo modelo do RG deverá se dirigir a um Instituto de Identificação de seu município, como o Poupa Tempo e Expresso Cidadão, a partir do dia 4 de agosto.

O cidadão poderá aderir tanto à versão online quanto impressa do documento, além disso, caso a pessoa não tenha CPF emitido, o órgão também será responsável por gerar o número do documento.

Por fim, ao comparecer no Instituto de Identificação o cidadão deverá apresentar a certidão de nascimento ou casamento para conseguir emitir o novo modelo do RG.

Lembre-se que inicialmente apenas os estados listados anteriormente estarão aptos a emitir o novo documento de identidade.

Comentários estão fechados.