Crescimento dos negócios on-line exige conhecer mais sobre o Google, um poderoso aliado nas vendas

As estratégias de otimização de sites para ranqueamento nas primeiras páginas do Google estão cada vez mais profissionalizadas no Brasil.

A técnica é conhecida como SEO (Search Engine Optimization) e tem um peso muito grande para os negócios e serviços que precisam obter acessos em seus sites.

E não é à toa. Dados mostram que mais de 70% das jornadas dos consumidores começam nas páginas dos buscadores. 

Estar em uma boa posição pode ser  determinante para garantir um bom público e, consequentemente, boas vendas.

Junto com o crescimento do SEO, também houve um aumento da procura por uma estratégia conhecida como link building.

Apesar dessa última estar contida na  primeira, existe uma diferenciação importante que pode ser divida em SEO on-page e SEO off-page. 

O SEO on-page talvez seja o mais conhecido por se tratar de ajustes e intervenções que podem ser realizadas dentro do próprio site que está sendo trabalhado.

Ajustes nos códigos, títulos, testes de velocidade, redirecionamentos, verificação de estruturas de URL e criação de conteúdo otimizado estão entre as ações que podem ser tomadas nesta etapa.

Entretanto, existem outros fatores que possuem uma grande importância nas estratégias para ranquear no Google e que faz parte de um outro braço, chamado de SEO off-page.

Nesse caso, o foco da execução está em ações que podem ser realizadas fora do site. Entre os destaques do SEO off-page está a busca pela conquista de links (ou backlinks) vindos de outros sites, a técnica também é chamada de link building.

Algoritmos mais inteligentes

Até bem pouco tempo, conseguir backlinks era uma tarefa simples, pois o Google considerava a maior parte dos links recebidos por um site, independente da origem.

Entretanto, os algoritmos ficaram mais inteligentes e agora são capazes de perceber quanto há um processo de manipulação e automação de backlinks, o que fez com que a “ciência dos links” ficasse mais complexa .

“Links são a essência da web. O conceito de poder navegar em uma grande rede é fruto da existência dos hiperlinks.

Assim como uma região geográfica pode ser mapeada pelas estradas que se conectam, toda a Internet também pode ser mapeada por meio do modo como as páginas da web se vinculam.” Explica Flávia Crizanto, especialista em link building e jornalista da Experta Media.

Desde sempre, essa navegação precisou ter contexto, ou seja, os links necessitam estar em locais que façam sentido e encaminhar para outros sites que realmente possam acrescentar algum tipo de informação.

Por isso, os bons profissionais da área batem tanto na tecla de que a melhor fórmula para se conquistar backlinks de qualidade é por meio da produção e distribuição de conteúdos de qualidade. 

Com o aprimoramento dos algoritmos, os backlinks chegam a ser responsáveis por mais de 50% do sucesso de uma estratégia que pode levar um site a alcançar os primeiros resultados nas páginas de buscas.

Em compensação, está cada vez mais notório que  guest posts, fóruns, comentários e, até mesmo, criação de rede sites não são locais bons para se obter backlinks.

Pelo contrário, costumam ser ineficazes e, em casos mais extremos, podem inclusive prejudicar e levar a uma punição. 

O webmaster do Google John Mueller realiza de tempos em tempos webinars para que as pessoas possam tirar dúvidas e levantar questões.

Em uma de suas aparições, disse que o Google reconhece quando os links são gerados automaticamente e, nesses casos, não os leva em consideração.

“Na maioria das vezes, nós os ignoramos. São links que se vinculam a tudo, por isso são fáceis de reconhecer”. 

Ele também admite o quão difícil é realizar o trabalho de link building e ressalta a necessidade de promoção dos conteúdos.

“Então, basicamente, como você precisa que algumas pessoas visitem seu site de alguma forma, é necessária alguma autopromoção do seu lado.

O que colabora para que pessoas possam reconhecer que um site é realmente bom para posteriormente enviar links.”

Vale a pena comprar pacotes de backlinks?

Quando um profissional decide implementar a conquista de links como estratégia, é comum se depararem com ofertas de empresas e profissionais oferecendo backlinks em pacotes prontos.

Entretanto, como os próprios profissionais do Google dizem, esse tipo de ação pode ser ignorada pelos algoritmos. O que pode representar desperdício de tempo e dinheiro. 

Por outro lado, promover o conteúdo de uma página ou blog é muito importante para que ele seja visto e comece a ser referenciado.

Por isso, cada vez mais empresas oferecem estratégias que envolvem marketing de conteúdo, assessoria de imprensa digital e SEO para conquistar links. 

“Conteúdo de qualidade aliado a uma distribuição estratégica é fundamental para um trabalho de link building, além de permitir chegar a uma diversidade de fontes. Isso, um bom jornalistas com conhecimentos em SEO sabe executar.

Comprar um pacote de backlinks pronto é muito mais fácil, mas está provado que cada vez menos traz resultados. 

Acredito que muitos ainda trabalhem assim porque ainda temos poucas informações em português sobre o tema.

Por isso, criamos um blog para ser a maior biblioteca abordando o assunto no Brasil.” Revela Flávia Crizanto. 

Por Flávia Crizanto, especialista em link building e jornalista da Experta Media.