Evolução da Mulher no Mercado de Trabalho – Estudo Completo

A Neoway, maior empresa brasileira de Big Data Analytics, utilizou sua tecnologia para realizar uma pesquisa em 3.000 bancos de dados, em 600 fontes diferentes, para mostrar como se deu a evolução da presença feminina no mundo corporativo

Neoway, maior empresa brasileira de Big Data Analytics, utilizou sua tecnologia para realizar uma pesquisa em 3.000 bancos de dados, em 600 fontes diferentes, para mostrar como se deu a evolução da presença feminina no mundo corporativo, dos anos 80 até aqui, com alguns fatos curiosos e uma fotografia fiel do que acontece no mercado.

Seguem, abaixo, algumas das principais constatações trazidas pelo estudo:- Em 2017, o número de mulheres no mercado de trabalho era de aproximadamente 6 milhões, número quase 3 vezes maior se comparado a 10 anos antes.

O pico foi em 2013, com mais de 10 milhões de mulheres no mercado.- Ao comparar a médias e mediana dos salários de homens e mulheres ao longo dos últimos anos, pode-se perceber que essa diferença vem diminuindo ao longo dos anos analisados.- As mulheres ocupavam em 2017, 44% dos cargos de destaque dos QSAs (Quadro de Sócios e Administradores).

Esse número cresceu mais de 500% de 2007 a 2017.- De 1985 a 2017, a participação das mulheres em vínculos trabalhistas cresceu 14 p.p., ficando acima de 40% desde 2010.- Atividades veterinárias, atividades de atenção à saúde, outras atividades de serviços pessoais foram os setores que apresentaram maiores aumentos percentuais de presença feminina entre 2007 e 2017.

Por sua vez, serviços domésticos, atividades de exploração de jogos de azar e apostas, atividades dos serviços de tecnologia da informação foram os setores que apresentaram maiores perdas percentuais de presença feminina entre 2007 e 2017.

Veja o Estudo Completo Clicando Aqui