Presidente da Fecontesp, José de Souza


Nesta sexta-feira, 27 de fevereiro, a Federação dos Contabilistas do Estado de São Paulo – Fecontesp completará 67 anos de fundação como uma das entidades de maior representatividade da Contabilidade paulista, tendo neste período lutado incessantemente pela valorização do profissional contábil. Fundada em 1948, a Entidade foi criada pelos Sindicatos de Contabilistas de São Paulo, Santos, Ribeirão Preto, Sorocaba e Campinas, com a finalidade de atuar na defesa dos interesses da categoria no Estado de São Paulo. Hoje, a Fecontesp representa uma base de mais de 140 mil profissionais.

De acordo com o presidente da Fecontesp, José de Souza (foto), “ao longo destes 67 anos, a Fecontesp tem exercido um papel fundamental voltado à valorização das atividades contábeis e, juntamente com os Sindicatos filiados, vem lutando por melhores condições de trabalho para os profissionais da Contabilidade, a fim de que possam exercer seu ofício com toda a excelência que as empresas e a sociedade requerem”.

Por meio dos 24 sindicatos filiados que agrega na Grande São Paulo e nas principais cidades do Interior do Estado, a Federação está presente em 645 municípios paulistas. Sua atuação ao longo das últimas décadas possibilitou importantes conquistas à classe, como a integração, valorização e a educação continuada.
Consciente das necessidades do mercado e da evolução da profissão contábil, – fundamental não apenas para a elaboração dos registros contábeis, mas para a geração de informações que contribuam para uma gestão mais eficaz dos negócios- , a Federação participa ativamente de debates sobre temas atuais e relevantes ao segmento como a convergência da Contabilidade Brasileira às Normas Internacionais de Contabilidade – IFRS, a implantação do Sistema Público de Escrituração Digital – Sped, as novas legislações que atribuem responsabilidades aos profissionais, como a Lei da Lavagem de Dinheiro, entre outras questões que fazem parte da rotina do profissional.

 

Comente

Comentários