Julho começou com boa notícia para quem quer dinheiro e está sem nenhum centavo na carteira. Dois novos saques vão ter inicio, o primeiro será o abono salarial do PIS/PASEP e outro será do Fundo de Garantia do tempo de Serviço (FGTS).

PIS/PASEP é para quem trabalhou em 2019 com carteira assinada por 12 meses ou 30 dias, já começaram a receber seu dinheiro depositado na Caixa Econômica Federal no dia 30 de junho.

Já o PASEP é para os servidores públicos nascidos de julho a dezembro e com o final de inscrição 0 a 4, também tiveram os valores depositados na mesma data, no Banco do Brasil.


Também irá acontecer o saque do FGTS, o saque-emergencial, que começou no dia 29 de junho. Os trabalhadores poderão fazer a retirada de até R$ 1.045.

PIS/PASEP

O pagamento do abono salarial PIS/PASEP começou no dia 30 de junho, referente ao ano base 2019. O trabalhador terá até 30 de junho de 2021 para retirar o valor.

O Programa de Integração Social (PIS), leva em conta o mês de aniversário do trabalhador para realizar o pagamento. E recebem através das agências da Caixa Econômica, lotéricas e caixas eletrônicos, usando o Cartão Cidadão e senha.

Já o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP), realiza o pagamento de acordo com o último dígito do número de inscrição. E recebe nas agências do Banco do Brasil.

A data para recebimento tanto do PIS como do PASEP, terá inicio no dia 16 de julho, para quem não tem conta bancária. Os correntistas da Caixa e do Banco do Brasil já tiveram os valores depositados automaticamente no dia 30 de junho.

Caso não tenha realizado o saque do abono calendário 2019/2020, será possível fazer a retirada agora ou em até cinco anos, sem precisar de uma determinação judicial.

Isso está determinado no artigo 4º da Resolução 838 do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat).

FGTS

Calendário para receber o PIS de acordo com o mês de nascimento do trabalhador

Calendário PASEP para servidor público de acordo com o dígito final do número de inscrição

calendário pagamento Pasep

Saque-emergencial

Foi autorizado pela Caixa Econômica Federal o saque-emergencial do FGTS, os depósitos começaram no dia 29 de junho e vão até 21 de setembro de 2020, de acordo com o nascimento do trabalhador.

Primeiramente estará disponível na conta poupança social digital e a movimentação só poderá ser feita para pagamentos de contas, boletos e compras em lojas físicas e Internet, usando o cartão digital virtual. O saque em espécie acontece a partir do dia 25 de julho.

Vão poder realizar o saque pessoas que possuem contas ativas ou inativas no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Lembrando que o depósito em conta poupança Social digital e também o saque em dinheiro, será de acordo com o mês de nascimento do trabalhador.

Calendário de pagamento do Saque Emergencial do FGTS de até R$ 1.045