FGTS: quem recebe o adicional de R$ 2.900 na hora de sacar

Adeptos do saque-aniversário do FGTS podem contar com adicional de até R$ 2.900 pago pelo Caixa. Saiba mais. 

Dentre as diversas situações nas quais o saldo do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) pode ser resgatado, está a opção do saque-aniversário. A modalidade permite que o trabalhador retire parte do valor do fundo, anualmente. 

Nesta linha, quem optar em sacar o FGTS desta maneira, poderá resgatar o dinheiro a partir do seu mês de aniversário, até o último dia útil do segundo mês subsequente. Desta maneira, totalizando um prazo de 3 meses para retirar a quantia. 

Para um melhor entendimento, tomemos como exemplo, um trabalhador nascido em março, ele terá desse mesmo mês até o final de maio para retirar os valores. 

A quantia que poderá ser resgatada através do saque-aniversário irá variar conforme o saldo presente na conta. Cabe enfatizar que o saque é parcial, ou seja, não é possível retirar o valor integral do fundo. 

Assim sendo, o trabalhador terá um percentual de retirada que dependerá do saldo presente na conta. Por sua vez, quanto maior for saldo, melhor será um adicional pago pela Caixa que pode chegar a R$ 2.900. 

Adicional de R$ 2.900 do saque-aniversário

Os adicionais pagos pela Caixa Econômica Federal, são pagos em faixas de saldo a partir de R$ 500,01. Como previamente dito, maiores valores em conta, têm direito a adicionais mais gordos. 

Confira o valor do adicional, bem como o percentual que pode ser resgatado, conforme o saldo do FGTS. 

Faixas de saldo em R$Percentual de retiradaParcela adicional
Até R$ 500,0050%_
De R$ 500,01 a R$ 1.000,0040%R$ 50
De R$ 1.000,01 a R$ 5.000,0030%R$ 150
R$ 5.000,01 a R$ 10.000,0020%R$ 650
R$ 10.000,01 a R$ 15.000,0015%R$ 1.150
R$ 15.000,01 a R$ 20.000,0010%R$ 1.900
Acima de 20.000,015%R$ 2.900

Calendário do saque-aniversário 

Nascidos em janeiroPeríodo para o saque
Janeiro3 de janeiro a 31 de março
Fevereiro1º de fevereiro e 29 de abril
Março2 de março a 31 de maio
Abril1º de abril a 30 de junho
Maio2 de maio a 29 de julho
Junho1º de junho a 31 de agosto
Julho1º de julho a 30 de setembro
Agosto1º de agosto a 31 de outubro
Setembro1º de setembro a 30 de novembro
Outubro3 de outubro a 30 de dezembro
Novembro 1º de novembro a 31 de janeiro de 2023
Dezembro 1º de dezembro a 28 de fevereiro de 2023

Como aderir a modalidade

Lembrando que o saque-aniversário é opcional, logo, é preciso aderir a modalidade, comunicando a Caixa Econômica Federal. Isto pode ser feito através dos seguintes canais: 

  • Aplicativo do FGTS (disponível para Android e IOS); 
  • Site da Caixa; 
  • Nas agências físicas do banco; 
  • Internet Banking (opção para correntista da Caixa). 

Por fim, é importante dizer que ao optar pelo saque-aniversário, o trabalhador não terá mais direito ao saque-rescisão, concedido em casos de demissão sem justa causa, restando apenas a multa de 40% sobre o fundo e as demais verbas rescisórias. 

Ademais, em caso de arrependimento, o retorno à modalidade mais tradicional só poderá ser efetuado após 24 meses completos (2 anos) no saque-aniversário. 

Dica Extra: Você conhece os seus direitos trabalhistas?

Já sentiu em algum momento que você pode estar sendo passado pra trás pelo seu chefe ou pela empresa que te induz a aceitar situações irregulares no trabalho?

Sua dúvida é a mesma de milhares de pessoas. Mas saiba que a partir de agora você terá resposta para todas as suas dúvidas trabalhistas e saberá absolutamente tudo o que acontece antes, durante e depois de uma relação trabalhista.

Se você quer garantir todos os seus direitos trabalhistas como FGTS, adicionais, horas extras, descontos e saber como se posicionar no seu emprego sem ser mais obrigado a passar por abusos e ainda entendendo tudo que pode e que não pode na sua jornada de trabalho, clique aqui e saiba como!

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.