Com o registro da CadSenha você pode acessar todas as suas contribuições diretamente de sua casa, ou onde preferir, sem ter que pegar imensas filas nas agências do INSS.

Para qualquer tipo de benefício, seja para a aposentadoria, para auxílio-doença, entre outros, o INSS calcula o valor com base nos dados de vínculos de emprego e contribuições constantes no CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais). O problema é que esses dados são internos do INSS e até pouco tempo o segurado só tinha acesso indo à Agência da Previdência para buscar o CNIS.

É de extrema importância que o segurado verifique com certa frequência seus dados junto ao CNIS para saber se todas as contribuições vertidas estão sendo cadastradas e com o valor correto.

Pensando nisso, este artigo tem a pretensão de informar ao leitor como fazer o acompanhamento do CNIS com mais celeridade e facilidade, por meio da CADSENHA.

Para isso, o segurado deve seguir os seguintes procedimentos:

  1. Acesse o link: (https://servicos.inss.gov.br/central/index.html);
  2. Clique em LOGIN;
  3. Clique em “Caso ainda não possua, CLIQUE AQUI para cadastrar uma senha.”;
  4. Informe seus dados pessoais e clique em “CONFIRMAR”;
  5. Após, será gerado um “CÓDIGO DE ACESSO”;
  6. Ligue para o 135, informe seu CPF, o Código de Acesso e responda 5 (cinco) perguntas que o atendente lhe fará;
  7. Feito isso, você terá a CADSENHA.

Com isso você poderá acessar seus dados do CNIS pelo LOGIN com a CADSENHA gerada, terá controle de suas contribuições se for contribuinte individual, facultativo ou especial, poderá conferir se as contribuições constantes no CNIS condizem com seu salário, caso seja contribuinte empregado, bem como poderá fazer um planejamento previdenciário.

__

Escrito por Carlos Augusto Ramos – Advogado Previdenciarista.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.