Fim de Ano: Confira 5 dicas para varejistas aumentarem as vendas online

Personificação dos e-mails e conteúdo, ajustes na lista de envio, cuidados com o assunto e monitoramento das entregas estão entre as principais dicas para incrementar as vendas.

0

O fim de ano é uma época altamente esperada para varejistas e consumidores, com quatro dos maiores eventos de compras oferecendo promoções incríveis e com grandes vendas acontecendo.

Datas como Natal e promoções pós-Ano Novo continuam a crescer em popularidade e, com um número cada vez maior de marcas participando, os varejistas devem dar o seu melhor para atrair clientes e aproveitar ao máximo as oportunidades no calendário de comércio eletrônico.

“Como em todo o ano de 2020, as vendas deste período estão diferentes de qualquer outra devido ao impacto da COVID-19.

As iniciativas adotadas em virtude da pandemia forçaram os varejistas a mudar o foco e a otimizar as estratégias de marketing para melhorar a experiência do cliente e impulsionar as vendas”, pontua Cecilia Belele, vice-presidente de Vendas LATAM da Validity. 

Neste cenário, uma área em que os varejistas precisam concentrar seus esforços é na estratégia de email marketing.

O e-mail impulsiona 11% do tráfego de varejo global e responde por 69% de todo o tráfego de retorno do site – tornando-o um canal crucial.

Por isso, para auxiliar os varejistas a ajustarem a sua estratégia de email marketing, com foco nestas datas especiais, a Validity listou cinco recomendações: 

1 – Monitore sua entregabilidade – Não importa o quão persuasivo seu e-mail seja se ele não chegar à caixa de entrada de seus assinantes.

Portanto, garantir uma alta taxa de entrega é fundamental para o sucesso da campanha.

Os atuais volumes globais de e-mail já são maiores do que durante a temporada de pico de vendas do ano passado, pelo fato de emergirem como canal de marketing preferido durante a pandemia.

E embora muitos varejistas tenham se beneficiado do crescimento da lista de até 50% devido aos compradores tradicionalmente offline serem forçados a ficar online, os níveis recorde de atividade de e-mail que veremos neste período farão com que a manutenção de boa entrega e engajamento seja muito mais difícil para os varejistas de maneira geral.

Para manter a entregabilidade durante a temporada de vendas, você precisa monitorar as métricas de email marketing, incluindo a entrega da caixa de entrada, pontuação do remetente e limpeza da lista.

Isso fornece uma linha de base para medir, melhorar e ajudar a identificar as áreas que podem ser fortalecidas.

O Everest, nova ferramenta de email marketing da Validity, por exemplo, pode trazer insights valiosos sobre a eficácia de sua campanha.

2 – Remova usuários desconhecidos e inativos – Antes de investir tempo e recursos na criação e envio de uma campanha de email marketing sofisticada, remova, de forma proativa, endereços desconhecidos, suspeitos ou inativos de seu banco de dados, a fim de proteger a sua reputação como remetente.

Provedores de e-mail, como Gmail e Outlook, usam a reputação do remetente para determinar quais e-mails têm acesso à caixa de entrada, como são ordenados e quais acabam na pasta de lixo eletrônico ou são completamente bloqueados. 

Usar um serviço de validação de lista, como o Everest, para endereços de e-mail de assinantes que estão há mais de um ano em seu banco de dados ajuda a identificar e remover endereços de usuários desconhecidos e inativos de sua lista.

E se você está inseguro sobre a remoção de usuários desconhecidos durante o período de pico de compras, lembre-se de que esses e-mails não são ligados a um assinante, então não há valor em retê-los, mas eles têm um impacto negativo e potencialmente significativo em suas interações com assinantes.

3 – Prepare seu IP antes de aumentar o volume de e-mails – Um aumento repentino nos e-mails enviados alerta provedores de e-mail e, se eles entenderem que seu endereço de IP foi comprometido, podem bloquear ou atrasar a entrega até que consigam validar a reputação do remetente.

Para evitar essa interrupção, aumente, gradualmente, o volume e a frequência dos e-mails enviados na preparação para sua campanha.

Isso, também, impede que você sobrecarregue seus assinantes com muitos e-mails cedo demais, o que pode levar à fadiga do comprador e diminuir o engajamento.

Este não é o momento certo para planejar uma grande migração de provedor de serviços de e-mail (ESP) ou para preparar um novo IP.

Atrase essas atividades até o término das vendas para manter a consistência e garantir uma reputação de remetente saudável.

4 – Destaque-se em uma caixa de entrada lotada –  Você sabe que não é o único varejista que planeja aumentar sua atividade de e-mail neste período, portanto, precisa considerar como garantir que suas mensagens se destaquem dos concorrentes nas caixas de entrada.

O fator mais importante para persuadir a abertura dos e-mails é que eles reconheçam o remetente.

Uma boa maneira de fazê-lo é implementando um Brand Indicators for Message Identification (BIMI), de forma que seu logotipo seja exibido ao lado do remetente.

Os remetentes, também, devem ser consistentes no uso de “friendly from” – isso significa ajustar o nome do remetente para leitura; ‘John Smith para Myer’ em oposição a ‘John Smith’.

Também é essencial acertar o assunto de forma a torná-lo atraente o suficiente para motivar a abertura do e-mail.

Testar diferentes assuntos, em pequenos lotes, antes de divulgar amplamente o mais forte, é uma maneira inteligente de fazer isso.

5 – Mantenha suas mensagens personalizadas e relevantes – Os assinantes serão mais seletivos sobre quais opções abrir.

Você pode ter criado o assunto mais atraente para estimulá-los, mas se o e-mail em si não falar com eles, é improvável que realizem a ação desejada.

Não é suficiente apenas adicionar a personalização do primeiro nome.

Os assinantes esperam receber sugestões de produtos e conteúdos que com os quais se identifiquem e que vejam os benefícios.

Se você tiver dados de clientes como, compras não concluídas à sua disposição, use essas informações para otimizar a personalização de suas comunicações.

O outro benefício da personalização é que ela cria maior confiança de que os e-mails não são fraudulentos, pois requer dados personalizados e de menor potencial de acesso coletivo.

Dada a eficácia comprovada do e-mail em direcionar o tráfego e as compras do site – sem mencionar que também é um canal altamente econômico – uma forte campanha de email marketing é, simplesmente, obrigatória para os varejistas no período.

Sobre a Validity

Por mais de 20 anos, dezenas de milhares de organizações em todo o mundo vêm confiando nas soluções da Validity para direcionar, contatar, envolver e manter os clientes – usando dados confiáveis como uma vantagem principal.