Trabalhar o mês todo, e no final do mês não sobrar nada é algo que acaba com seu ânimo?

Tem a nítida sensação de que, por mais que você trabalhe, o dinheiro nunca dá para pagar as contas da casa?

Então você não precisa se desesperar, porque esse é o sentimento de milhares de pessoas em todo o Brasil nesse exato momento.

Nesse artigo você vai entender por que é tão importante aprender a controlar as contas da casa, e como fazer isso de uma forma simples e fácil.

Você só conhece o que você controla

Por mais incrível que possa parecer, a grande causa da maioria das dificuldades financeiras que as famílias brasileiras enfrentam não está diretamente relacionada a quantidade de dinheiro que se recebe todos os meses.

Afinal, já está mais do que comprovado que não é o valor que uma pessoa recebe que vai determinar se ela terá problemas financeiros ou não.

Porém, a falta de controle sobre a rotina financeira da casa pode ser considerada como a grande causa das dificuldades financeiras enfrentadas por milhares de famílias espalhadas pelo país.

Isso pelo simples fato de que se você não sabe para onde o seu dinheiro está indo, fica impossível acabar com gastos desnecessários.

E por consequência, não é possível investir os recursos da família em prioridades caso exista essa necessidade.

Tipos de controle de despesas

Hoje em dia, qualquer desculpa que se dê para a falta de controle sobre as despesas da casa não passa de uma tentativa de justificar o injustificável.

Pois existem várias formas de começar a fazer esse tipo de controle, que você pode começar assim que terminar de ler esse artigo.

Você pode utilizar, por exemplo:

  • Aplicativos para smartphone;
  • Planilhas no Excel;
  • Softwares específicos de gestão financeira;
  • Cadernos.

Você pode encontrar várias opções com uma busca rápida nas suas redes sociais, ou seja, não existem desculpas para não controlar as contas da sua casa.

O próximo passo, depois de escolher a ferramenta que você vai utilizar para criar o seu controle financeiro, é definir como vai fazer isso.

Aqui o ideal é você começar fazendo uma lista de todas as contas da sua casa que devem ser pagas, incluindo todas as contas de consumo como água e luz, aluguel ou prestações do financiamento se houver, e outras despesas necessárias.

Depois disso, você pode definir lugares para guardar o dinheiro que deve ser usado para pagar todas as contas da casa que não podem ficar sem pagamento.

E mesmo que você não tenha o hábito de guardar dinheiro em casa, é possível aplicar o mesmo conceito, mantendo o montante das contas da casa em uma conta bancária que não seja utilizada com frequência.

Se você fizer isso por um mês vai perceber nitidamente como as coisas vão ficar muito mais claras, e como muitas vezes gastamos nosso dinheiro sem nem perceber o que estamos fazendo realmente.

Agora, só depende de você aplicar o que aprendeu neste artigo e assumir o controle das suas finanças, e da sua vida.