Fintech faz levantamento que mostra as 5 ações, FIIs e multimercados mais investidos

0

Levantamento da Fliper, plataforma (app e web) que agrega investimentos de bancos e corretoras de forma automática e gratuita, aponta que aplicações em ações, renda fixa pós-fixada e fundos multimercados ocupam as primeiras posições das classes de ativos preferidas de seus usuários.

O investimento em ações é o líder isolado no ranking e detém, agora, 36,04% de participação nas carteiras dos brasileiros – três pontos percentuais acima do levantamento de outubro.

Em contrapartida, a renda fixa pós-fixada caiu três pontos percentuais e representa 18,95% do patrimônio, ainda na segunda posição.

Já os fundos multimercados seguem na terceira posição, desta vez com 17,37% (uma queda de dois percentuais em relação a outubro de 2020).

Fundos imobiliários cresceram um ponto percentual e ficaram em 9,39%, seguidos por renda fixa indexada à inflação, com 7,99%.

Completam a lista os investimentos em conta corrente (4,04%), renda fixa prefixada (3,83%), dólar (1,93%) e ouro (0,46%).

Os CDBs com rentabilidade atrelada ao CDI e as ações da ITSA4 (Itaúsa) são os dois ativos com maior percentual de investimentos na plataforma.

Depois aparecem ações da PETR4 (Petrobras), o Tesouro Selic 2025 e ações da VVAR3 (Via Varejo).

Confira a lista dos ativos preferidos dos brasileiros em diferentes categorias:

Renda fixa (RF)

  1. CBD-DI
  2. Tesouro Selic 2025
  3. Tesouro IPCA+ 2035
  4. Poupança
  5. Trend Pós-Fixado FIRF Simples

Fundos multimercados (FIM)

  1. Ibiuna Hedge STH
  2. Legacy Capital
  3. Verde AM Scena
  4. Kapitalo Kappa
  5. Dahlia Total Return
Designed by @wichayada / Freepik

Ranking de ações

  1. ITSA4 (Itaúsa)
  2. PETR4 (Petrobras)
  3. VVAR3 (Via Varejo)
  4. MGLU3 (Magazine Luiza)
  5. BBAS3 (Banco do Brasil)

Ranking de fundos de ações (FIA)

  1. Alaska Black Institucional
  2. Equitas Selection
  3. Brasil Capital 30
  4. Western Asset BDR Nível I
  5. Constellation Institucional

Ranking de fundos imobiliários (FII)

  1. HGLG11 (CSHG Logística)
  2. XPLG11 (XP Logística)
  3. XPML11 (XP Malls)
  4. MXRF11 (Maxi Renda)
  5. VISC11 (Vinci Shopping Centers)

O levantamento tem cunho apenas informativo e não é recomendação de investimentos.

Ações, fundos imobiliários e multimercados envolvem ativos de renda variável e têm riscos de perda.

“Nosso levantamento indica que, neste momento de juros baixos e recuperação da economia brasileira, os investidores buscam manter uma carteira balanceada, combinando maiores riscos e potenciais de retornos inerentes às ações e fundos imobiliários com a segurança da renda fixa, além de diversificar com os fundos multimercados que ficam na metade do caminho entre ousadia e conservadorismo”, explica Walter Poladian, CFP®, sócio-fundador da Fliper. 

O levantamento foi feito com a base de usuários da plataforma (app e web) da empresa, totalizando mais de R$ 30 bilhões de patrimônio mapeado e 300 mil contas conectadas. 

Criada em 2018, a Fliper consolida investimentos de corretoras, bancos e FGTS de forma automática, além de mostrar gráficos de rentabilidade da carteira e evolução do patrimônio, notificações de proventos (dividendos, JCP e rendimentos de FIIs) entre outras funcionalidades.  

Sobre a Fliper

Lançada em 2018, a Fliper é uma plataforma que consolida investimentos de bancos e corretoras de forma automática.