O mercado das fintechs está se tornando cada vez mais competitivo, cada plataforma procura oferecer o que tem para atrair clientes.

Dinheiro, Cartão, Negócios, Cartão De Crédito, Pagar

De olho no mercado e querendo crescer mais ainda, a PicPay fez uma mudança estratégica em seu comando. Mudou o presidente, para substituir Gueitiro Genso, foi convocado José Antônio Batista da Costa.

O novo presidente da PicPay é neto do patriarca da JBS, Zé Mineiro. Genso estava na chefia executivva da fintech desde o ano passado. A mudança na presidência aconteceu na sexta-feira, 31 de julho.

José Antonio é um dos fundadores da JBS e foi diretor executivo do frigorífico e da VNMB Participações, uma empresa de investimentos que também pertence à família.

O fundador e chefe de Tecnologia e Produtos da PicPay, Anderson Chamon, o desafio de José Antonio é muito grande. O seu trabalho será de manter o crescimento da empresa e ampliar o catálogo de serviços oferecidos.

A PicPay viu o crescimento relâmpago com a chegada da Pandemia do novo coronavírus, quando chegou a 20 milhões de usuários e ampliou em seis vezes o número de novos cadastros mensais, com três milhões de novos clientes. Atualmente são 28 milhões de usuários cadastrados.

Concorrência

Mas, o que parecia tranquilo, ficou agitado com o anúncio da chegada de um sistema de pagamentos e transferência pelo WhatsApp e com a antecipação para outubro do PIX, o sistema integrado de transferência e pagamentos digitais do Banco Central (BC).

O PicPay em parte é controlado pelo Banco Original e é uma das principais carteiras digitais do Brasil, que se deu depois do alto investimento em marketing e o crescimento durante a pandemia do novo coronavírus.

A PicPay pretende concorrer com toda força com rivais como a Nubank, buscando parceirias, se aliando a bancos e varejistas e oferecendo mais serviços aos seus clientes.