Fique Atento: Primeiros indícios de mortalidade da empresa




Empreender exige dedicação, planejamento e muita coragem. Afinal, abrir um negócio próprio é investir em um sonho de vida, tanto pessoal quando profissional, e exige o enfrentamento de diversos desafios. Por isso, é importante estar focado e atento aos sinais de que o seu sonho pode estar se tornando um pesadelo.

De acordo com o Sebrae, cerca de 24% dos pequenos empreendimentos acabam morrendo nos dois primeiros anos de vida. Para não engordar a estatística de mortalidade da empresa é preciso estar atento a alguns sinais de que o seu negócio de contabilidade não está indo bem. São esses indícios que vamos mostrar nesse artigo. Confira!

1 – Queda nas vendas




A variação nos índices de vendas de uma empresa podem variar em alguns períodos do ano, em especial em momentos de crise. No entanto, caso esse declínio se mantenha por um longo tempo é um sinal claro de que alguma coisa está errada e que seus lucros e a saúde do escritório está em risco.

2 – Aumento do feedback negativo

Monitorar a satisfação dos clientes em relação aos serviços prestados é um passo básico. Saber ler esses índices, principalmente quando eles mostram um aumento de reclamações ou cancelamentos de contrato, assim como a queda na fidelização dos clientes, é ainda mais importante, já que é mais um indício claro de que exste um problema recorrente nas suas práticas.

3 – Baixa taxa de permanência

O sucesso de uma empresa está atrelado ao bom desempenho e evolução dos seus funcionários. Para que esses se comprometam com o crescimento do escritório contábil, eles precisam estar motivados e empenhados na sua função. Um índice claro de que isso não está acontecendo de forma adequada é quando a taxa de rotatividade dos funcionários vem aumentando ou se mantém muito alta. Esses índices apontam deterioração no clima de trabalho, minando a produtividade e competitividade de qualquer empresa. Afinal, se seus colaboradores estão infelizes com as condições de trabalho, com as oportunidades de crescimento que sua empresa oferece ou mesmo com os benefícios, eles não vão “vestir a camisa” do seu negócio.

4 – Atritos com parceiros

Nenhuma empresa prospera sozinha e um bom empresário sabe lidar bem com parceiros de negócios e fornecedores. Esse tipo de relação começa a mostrar sinais de piora quando esses mesmos parceiros começam a trazer problemas, seja dificultando a relação de ações conjuntas, seja com um aumento dos preços de serviços prestados ou piora nas condições de fornecimento. Da mesma forma, quando uma empresa começa a encontrar dificuldades que não existiam na hora de conseguir crédito junto à instituições financeiras, é porque sua empresa está perdendo prestígio diante do mercado.

5 – Problemas de competitividade

Quando os custos do seu serviço começam a crescer demais e encarecer o que vai ser oferecido aos clientes, sua empresa contábil perde a capacidade de se sobressair diante dos concorrentes. O problema pode ser detectado justamente no aumento de gastos, que não acompanha um aumento da produção, um gargalo que indica que seus métodos estão ficando defasados e dando prejuízo.

Dá mesma foma que nosso corpo dá sinais de que estamos doentes — febres, dores, tonturas —, uma empresa também dá sinais de que ela não está muito bem de saúde. Conhecer esses sinais é o primeiro passo para curar seu empreendimento.

Matéria: https://blog.sage.com.br/gestao-contabil/primeiros-indicios-de-mortalidade-da-empresa/

[useful_banner_manager banners=18 count=1]

Comente no Facebook

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Anúncios