pis/pasep calendário jornal contábil




Desde janeiro deste ano de 2015 entrou em vigor, em todo o território nacional, a carteira de trabalho digital, com a previsão de que, até o final do ano, todo o sistema digital já esteja devidamente implementado pelo país afora. Alguns Estados já conheciam a carteira digital desde o ano passado, mas essa inovação foi sendo levada para o resto do país pouco a pouco. A novidade é fruto dos esforços do Ministério do Trabalho, que está buscando modernizar os processos trabalhistas e facilitar a vida tanto do trabalhador como do empreendedor brasileiro.

Com a carteira de trabalho digitalizada, a esperança é que a demanda diminua, eliminando os atrasos nas entregas de carteiras de trabalho — que têm levado de dois até três meses para acontecer — e dinamizando o mercado como um todo. Quer saber mais sobre essa novidade?

Como funciona?

Como a carteira de trabalho digital é emitida online, em vez de ser preciso esperar um mínimo de 30 dias, como acontecia com a CTPS antiga, agora a espera varia apenas entre 10 e 15 minutos — e ainda com horário marcado por meio do site! As informações profissionais do trabalhador são arquivadas em um banco de dados do governo, possibilitando que se faça consultas on-line ao histórico do trabalhador, a seu saldo do FGTS e à sua contagem do tempo de serviço, além de outras diversas informações.

O que muda?

Se o trabalhador já possui uma carteira de trabalho antiga, nada muda, pelo menos por enquanto. Assim, não é necessário procurar o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) para providenciar uma nova CTPS digital — a não ser que seja para adquirir uma segunda via. Como na carteira de trabalho digitalizada os dados do trabalhador são validados no próprio sistema, em vez de pessoalmente, o registro é todo feito on-line. E isso beneficia também as empresas, que otimizam tempo e ganham em matéria de produtividade.


Para o empreendedor que deseja manter sua empresa atualizada e lícita, é importante buscar a ajuda de especialistas que possam ajudar com essas novas diretrizes. Afinal de contas, a área de gestão de pessoas da empresa precisa conseguir administrar todos os trabalhadores da forma mais correta possível. Nesse caso, recursos como índices e pesquisas de auxílio podem ser de grande valia.

Quais são as vantagens?

Além de ser uma forma muito mais segura, prática e ágil de providenciar esse tipo de documentação, a carteira de trabalho digital elimina a até então demorada espera. Com os atrasos das entregas de carteiras de trabalho, muitas empresas acabavam deixando de contratar funcionários que ainda aguardavam a chegada de seus documentos. E isso gerava uma bola de neve de adiamentos que prejudicava tanto os profissionais como as organizações.

Com a rapidez das atualizações e das solicitações de CTPS digital, a empresa pode ficar tranquila, sem medo da fiscalização, sabendo que toda a documentação dos trabalhadores estará sempre em dia. Dessa forma, o empreendedor fica protegido de casos em que o trabalhador se aproveita de alguma brecha qualquer para prejudicar a empresa na justiça. O sistema on-line também diminui o risco de fraudes ao disponibilizar informações atualizadas, pelas vias corretas, a qualquer momento. (Com BLOG CONTA AZUL)

[useful_banner_manager banners=18 count=1]

Comente

Comentários