Com milhões de brasileiros desempregados, as vagas de emprego formal estão ficando cada vez mais exigentes e as empresas que não foram afetadas pela crise diminuíram o número de contratações.

E com esse cenário, como conseguir uma renda? É preciso fazer muita pesquisa e ter criatividade para encontrar formas de ganhar dinheiro. Mas a gente te ajuda e você confere abaixo algumas ideias do que fazer!

Cursos da área fiscal a partir de R$ 18,32 ao mês e sem juros? Clique aqui e conheça!

Dê aulas

Oferta Especial!

Tem algum assunto que você domina? Hoje em dia existem diversas plataformas das quais é possível trocar conhecimento e ganhar um dinheiro com isso, além é claro, das aulas particulares. Você é bom em algum idioma? Então comece a divulgar os seus serviços! Ao estipular um valor por aula, lembre-se de colocar todo o material usado em aula e se há deslocamento, caso você vá até a casa do aluno.

Dotes culinários

As marmitas estão em alta e cozinhar para fora é uma ótima opção para ganhar dinheiro, seja fazendo comidas mais elaboradas ou as mais básicas, como o tradicional arroz com feijão. Há mercado para todos os tipos: os fitness, vegetarianos/veganos, doces, salgados, etc.

Assistente virtual

Se você tem acesso a internet e computador, então você pode ser um assistente virtual. Você pode agendar serviços aos clientes como consultas e exames médicos, trâmites burocráticos, passagens aéreas, etc.

Revendedor

A área da beleza é a que mais possui revendedores. É possível se cadastrar sem burocracia para se tornar um revendedor e você precisa usar a criatividade para divulgar e vender.

Texto para plataformas online

Muitos sites e blogs compram conteúdo e no Brasil existe muita procura e pouca oferta deste tipo de serviço. Se você escreve bem e domina o português, esta pode ser uma boa fonte de renda.

Esse período pode ser difícil, mas o importante é não desanimar! Você pode colocar algumas dessas ações em prática e ocupar sua mente enquanto procura um novo emprego ou decide abrir o seu próprio negócio. Via Catho

Comente no Facebook

Comentários