França irá instituir requisitos severos de quarentena para chegadas de outros sete países

O governo francês anunciou na sexta-feira a extensão de sua 'lista vermelha' de países de onde todas as chegadas estão sujeitas a quarentena compulsória, imposta pela polícia.

0

A exigência de quarentena severa foi introduzida em meados de abril, inicialmente para Brasil, África do Sul, Chile e Argentina, antes que a Índia fosse adicionada à lista alguns dias depois.

Os requisitos também valem para quem chega do departamento ultramarino francês da Guiana Francesa, que faz fronteira com o Brasil, esclareceu o anúncio oficial do Journal Officiel.

Agora o governo adicionou outros sete países à lista: Turquia, Nepal, Bangladesh, Sri Lanka, Paquistão, Emirados Árabes Unidos e Qatar, disse uma fonte do governo à AFP.

A medida entrará em vigor à meia-noite de sábado.

Viagens a partir desses países são permitidas apenas por razões essenciais e todas as chegadas devem seguir um regime severo de testes pré-viagem, seguido por uma quarentena obrigatória de 10 dias na França.

As regras se aplicam a todos os viajantes com 11 anos ou mais.

extravio bagagem
  • Qualquer pessoa que viaje a partir desses lugares deve fazer um teste de PCR 36 horas antes da viagem OU um teste de PCR 72 horas antes da viagem, seguido por um teste de antígeno de resultado rápido 24 horas antes da viagem;
  • A quarentena de 10 dias pode ser feita em um endereço de escolha do viajante, em uma casa ou em um hotel (por conta própria);
  • Os viajantes devem fornecer um comprovante de endereço de quarentena ao embarcar (endereço residencial ou reserva de hotel) e as companhias aéreas poderão recusar o embarque a pessoas que não tenham as provas corretas;
  • Os viajantes devem então fazer outro teste de antígeno na chegada à França e confirmar aos guardas de fronteira que eles observarão a quarentena de 10 dias. As provas de endereço de quarentena também serão verificadas novamente na fronteira;
  • A polícia irá então verificar o endereço fornecido durante os 10 dias para garantir que a quarentena está sendo aplicada;
  • Os viajantes também serão contatados pelas autoridades de saúde para lembrá-los das regras e oferecer conselhos. O suporte estará disponível se necessário para recados essenciais;
  • Os recados essenciais podem ser feitos apenas entre 10h e 12h, qualquer pessoa que não estiver no endereço fornecido fora desse horário será considerado em violação da quarentena e multado;
  • As multas variam de € 1.000 a € 1.500.

O Ministro do Interior, Gérald Darmanin, disse: “Na maioria das vezes, apenas cidadãos franceses e europeus com residência principal na França poderão entrar no país”.

Esses requisitos, colocados em prática devido a temores sobre novas variantes, são somados à proibição de todos os voos entre a França e o Brasil.

Conteúdo traduzido da fonte The Local FR por Wesley Carrijo para o Jornal Contábil