Funrural: registro deve ser feito na EFD-Reinf a partir de maio

0

A partir de maio, todas as informações relacionadas à  Contribuição Previdenciária Rural (Funrural), que atualmente são registradas no eSocial, passam a constar na EFD-Reinf (Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais). 

Essa migração acontece devido à exclusão do evento S-1250 que é relacionado à aquisição de produção rural no novo leiaute do eSocial, sistema responsável pela escrituração fiscal digital e que recebe as obrigações das empresas, sejam elas fiscais, trabalhistas e previdenciárias. 

A exclusão foi estabelecida pela Portaria Conjunta SEPRT/RFB nº 82, de 2020. Mas atenção: até a data de início da vigência – 1º de maio, às informações relacionadas ao Funrural ainda precisam ser registradas no eSocial. 

O que é Funrural?

O Funrural foi criado em 1991, e se refere ao Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural, ou seja, a contribuição previdenciária para a categoria e que incide sobre a atividade do produtor rural, seja pessoa física ou jurídica.

Esta contribuição já passou por algumas alterações mas, atualmente, ela pode ser calculadas das seguintes formas: 

  • Sobre a folha de pagamento do produtor rural;
  • Sobre a comercialização da produção agrícola;

Por sua vez, as informações que passarão a constar EFD-Reinf e que estão relacionadas com a  aquisição de produção rural, dizem respeito às produções que possuem origem animal ou vegetal.

Veja quem está obrigado a declarar no eSocial atualmente:

  • Pessoa Física: quando adquire produção de produtor rural (pessoa física ou segurado especial), com a intenção de venda no varejo para consumidor final (pessoa física), outro produtor rural (pessoa física ou segurado especial);
  • Pessoas Jurídicas: quando adquirir produtos rurais de pessoa física ou de segurado especial;
  • Entidade que está inscrita no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA): quando adquirir produtos rurais de produtor rural pessoa física ou pessoa jurídica;
  • Cooperativa: quando adquire produto rural;
  • Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB): quando adquire de produtor rural pessoa física ou de produtor rural pessoa jurídica. Neste caso, o produto precisa ser destinados ao Programa de Aquisição de Alimentos.

Sendo assim, as informações devem ser declaradas o dia 07 do mês seguinte.

EFD-Reinf

A Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais EFD-Reinf é um dos módulos do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED). É utilizado pelas pessoas jurídicas e físicas, em complemento ao eSocial.

Mas a EFD-Reinf também passa por mudanças segundo a Receita Federal: foi implementada a versão 1.5.1. A versão foi aprovada pelo Ato Declaratório Executivo Cofis n° 84/2020 de 23 de dezembro de 2020.

Em relação à versão anterior, essa versão do manual traz maior detalhamento dos procedimentos relacionados ao evento R-2055, especialmente em relação a retificação e exclusão de informações prestadas através do eSocial.

A EFD-Reinf junto ao eSocial, garante a substituição de informações solicitadas em outras obrigações acessórias. Dentre elas podemos citar:

  • GFIP (Guia de recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social),
  • DIRF ( Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte);
  • RAIS (Relação Anual de Informações Sociais);
  • CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados).

Dentre as informações prestadas através da EFD-Reinf, destacam-se aquelas associadas:

  • aos serviços tomados/prestados mediante cessão de mão de obra ou empreitada, referente retenção de contribuição social previdenciária;
  • às retenções na fonte (IR, CSLL, COFINS, PIS/PASEP) incidentes sobre os pagamentos diversos efetuados a pessoas físicas e jurídicas;
  • aos recursos recebidos por / repassados para associação desportiva que mantenha equipe de futebol profissional, referente a contribuição social previdenciária;
  • à comercialização da produção e à apuração da contribuição previdenciária substituída pelas agroindústrias e demais produtores rurais pessoa jurídica;
  • às entidades promotoras de evento que envolva associação desportiva que mantenha clube de futebol profissional, referente a contribuição social previdenciária, etc.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Por Samara Arruda