Gestão de Dados: Cinco motivos para começar

98

O ambiente em comércio exterior é feito de trocas densas de informações, gerando um grande volume de dados, potencializados a partir da internet. Atualmente, o desafio está em organizar as informações utilizando a gestão de dados para tomar uma decisão assertiva em um ambiente competitivo.

Trata-se de administrar os dados do começo ao encerramento de um negócio, seja no âmbito estratégico ou operacional. Esse processo é possível a partir de um Data Driven, recurso no qual a empresa tem o domínio das informações que dizem respeito a ela e ao mercado do qual ela faz parte.

Além da organização, existem algumas razões para fazer a gestão de dados em seu negócio. Assim separamos as cinco mais importantes a seguir. Confira:

Transformação tecnológica dos negócios

Com a chegada da tecnologia nos negócios, é preciso pensar e agir de forma digital. Algumas ferramentas pensadas neste contexto utilizam o Big Data, a Computação em Nuvem, e até mesmo a Inteligência Artificial para coletar, processar e apresentar os dados, facilitando o seu uso.

Crescimento do volume de dados

São inúmeras as operações nos processos de importação e exportação, e no contexto da globalização, as informações não param de surgir. É preciso estar preparado para o crescimento das informações, com acesso ao maior número de fontes disponíveis para o seu negócio.

Segurança no acesso das informações

Além de estar preocupado com o volume de dados, é preciso levar em conta a segurança dos dados obtidos. É importante estabelecer critérios para a validação de origem, atualização e procedência das informações para a checagem de confiabilidade para a empresa.

Otimização dos processos

Os dados, a nível organizacional, possibilitam melhorar processos operacionais, diminuindo o tempo de execução, otimizando erros, aprimorando atividades e elevando resultados.

Transparência nas operações

A automação dos processos de análise elimina a dependência de terceiros participantes. Entretanto é preciso estar ligado quanto às questões fiscais e tributárias, a fim de evitar erros e problemas ao longo das transações.

Por: Helmuth Hofstatter

Empreendedor apaixonado por tecnologia e inovação, possui mais de 12 anos de experiência no segmento de logística internacional, fundador da LogComex, startup de big data, inteligência e automação para logística internacional. É especialista em gestão de produtos e nas mais diversas soluções voltadas ao universo do comércio exterior.

A Plataforma LogComex traz ao mercado maior transparência e automatização das operações de logística internacional, transformando a maneira como as empresas enxergam o mercado. Através de uma tecnologia desenvolvida a plataforma coleta e processa milhares de dados para gerar uma visão panorâmica, indicando previsibilidade e transparência para toda cadeia logística.