Gestão de pessoas: Quais são as novas tendências para 2021?

0

O mercado corporativo mudou muito nos últimos meses devido à pandemia do novo coronavírus. Com o isolamento social, as empresas tiveram que adotar algumas medidas para continuar operando.

Por isso, o modelo home office ganhou força durante este período. E, com isso, muitas outras iniciativas tiveram que ser implementadas para incentivar os colaboradores e mantê-los “saudáveis” e produtivos.  

Diante deste cenário, o profissional de RH tornou-se uma peça fundamental dentro das empresas, pois eles foram os responsáveis por realizar a transição do ambiente empresarial para a residência e implementar soluções tecnológicas que pudessem automatizar processos e atender às novas necessidades.

Além disso, o fator humano também ficou em evidência, principalmente porque essa nova realidade tem afetado o lado psicológico e emocional e por isso os gestores precisaram criar estratégias para manter um bom ambiente de trabalho

Pensando nisso, listei algumas tendências de gestão de pessoas para 2021 que devem ser adotadas pelas instituições: 

emprego

– Trabalho híbrido: De acordo com um estudo do Gartner, empresa mundial em pesquisa e aconselhamento para empresas, 82% das empresas brasileiras já têm preferência por este modelo.

Isso porque ela traz algumas vantagens, dentre elas podemos destacar a diminuição de atrasos, proporcionando assim melhor qualidade de vida às pessoas, redução de custos, aumento da autonomia e melhor gestão de tempo. 

– Bem estar dos trabalhadores: Para garantir uma boa experiência aos colaboradores é importante que as companhias apostem em um acompanhamento psicológico para identificar indícios de quaisquer transtornos ou distúrbios, capacitação dos líderes, campanhas de endomarketing, realização de atividades lúdicas, inovação nos espaços de descanso e incentivo à prática de exercícios físicos.

E dentre as principais consequências do descuido com a saúde mensal estão assédio no ambiente de trabalho; dificuldade de conciliar questões pessoais e profissionais; relações interpessoais difíceis e clima organizacional carregado. 

– Automatização do RH: A tecnologia tem revolucionado muitas áreas dentro de uma companhia como por exemplo, o RH. Isso porque esse departamento possui tarefas repetitivas que podem ser automatizadas.

Mas antes disso é importante digitalizar todos os dados. Dentre as ações que devem contar com o auxílio da tecnologia estão o recrutamento e seleção; admissão; controle de ponto; avaliação de desempenho; onboarding; avaliação de clima organizacional.

Com isso, os profissionais conseguem atuar em projetos mais modernos, precisos, estratégicos e efetivos. 

Por fim, afirmo que, 2021 será muito desafiador, principalmente porque muitas estratégias adotadas em 2020 serão consolidadas e aprimoradas no decorrer deste ano. Dessa forma, as empresas vão poder usufruir de soluções cada vez mais inovadoras nos processos da área de RH.

Por isso, é importante que os gestores estejam sempre antenados com as novidades do setor. Fique atento! 

Por Leonardo Barros é CEO do Tangerino – controle de ponto digital