Os sistemas visam reduzir a burocracia e agilizar o cumprimento das obrigações tributárias, previdenciárias, trabalhistas e de formalização.

O presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, afirmou que “Quanto menos tempo o empreendedor gastar com o preenchimento de papéis e com processos burocráticos, mais tempo ele terá para gerenciar a empresa e aumentar a lucratividade, o que tem impacto imediato também na geração de emprego e renda no país”.

Confira a lista dos sistemas:

1. Implantação do sistema Redesimples

2. Documentos fiscais eletrônicos das micro e pequenas empresas

3. e-SOCIAL

4. Processo de restituição automatizada do Simples Nacional

5. Pedido eletrônico de isenção de IPI e IOF

6. Pedido simplificado de restituição e compensação

7. Repositório nacional de dados do Simples Nacional

8. Aprimoramento do Portal do Empreendedor e Conta Corrente (fiscal) do MEI

9. Sistema de pagamento do Simples Nacional por modalidades eletrônicas

10. Sistema de parcelamento do Simples Nacional

Sebrae

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.