Governo finaliza pagamento do Auxílio Emergencial para 6 mil famílias de Minas

Esse pagamento não representa uma nova parcela, mas é creditado na conta das famílias que não tiveram o recurso depositado por problemas cadastrais.

O governo mineiro continua pagando o Auxílio Emergencial Mineiro às famílias que não receberam o benefício na data programada por inconsistência nos dados cadastrais.

Nesta segunda-feira (10 de janeiro), mais 6 mil beneficiários que tiveram os dados regularizados receberão, em parcela única, os R$ 600 referentes ao programa que visa minimizar os impactos da pandemia no público de maior vulnerabilidade social.

É importante ressaltar que esse pagamento não representa uma nova parcela, mas é creditado na conta das famílias que têm direito ao auxílio, mas que não tiveram o recurso depositado em outubro por problemas cadastrais.

No final de dezembro, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), em cooperação com os municípios, recebeu mais de 1.600 dados de beneficiários faltantes.

Com eles, é possível completar a situação cadastral do beneficiário e enviar os dados para a Caixa Econômica Federal abrir a conta. 

Nesse período, muitos beneficiários conseguiram regularizar o CPF na Receita Federal e poderão receber o Auxílio Emergencial Mineiro.

Comentários estão fechados.