Governo lança novo programa de financiamento imobiliário chamado Casa Verde e Amarela 2021

Saiba quais são os requisitos para poder participar e como realizar o pedido de financiamento

Ter a residência própria é o sonho de muitos brasileiros e saber que essa meta pode ser conquistada, através de um programa de financiamento do governo torna tudo mais fácil de ser conquistado. O programa Casa Verde Amarela 2021 tem como finalidade assegurar o direito da moradia própria para um número maior de brasileiros, com preços mais acessíveis.

O que é o programa Casa Verde Amarela 2021?

É um programa de financiamento imobiliário criado pelo Governo Federal, a iniciativa está focada nas famílias que residem na zona urbana e têm renda mensal de até 7 mil por mês.

O programa também pode ser visto como um  casual substituto do programa Minha Casa Minha Vida, proporciona diferentes formas de financiamento na compra de um imóvel (novo, usado ou em construção). Os juros são considerados baixos, se compararmos a outras categorias do mercado.

Quais são os requisitos para participar do programa?

 Para poder fazer parte deste programa, a pessoa precisa se enquadrar em alguma das três faixas de renda contempladas, são elas:

Faixa 1,5

Essa faixa contempla famílias com renda bruta de até R$2 mil. Através dela  é possível adquirir um imóvel, cujo empreendimento é financiado pela CAIXA com taxas de juros que podem chegar até 4,75% ao ano e subsídios até R$47.500, de acordo com a renda e região onde o cliente mora. O consumidor tem o prazo de até 30 anos para pagar.

Faixa 2

Essa faixa contempla as  famílias com renda bruta de até R$4 mil. Os subsídios podem chegar até R$29 mil de acordo com a renda do cliente e o  local do imóvel.

Faixa 3

Essa faixa contempla as famílias com renda bruta de até R$7 mil. As taxas de juros são mais atrativas.

Quais são as taxas de juros?

As taxas de juros são calculadas de acordo com a renda; além disso, o local onde o imóvel será adquirido também influencia no montante da cobrança. 

Residentes das regiões sul, sudeste e centro-oeste

Grupo 1

Com taxa de juros de 5% a 5,25% (não cotista do FGTS) e de 4,5% a 4,75% (cotista do FGTS).

Grupo 2

Com taxa de juros de 5,5% a 7% (não cotista) e de 5% a 6,5% (cotista).

Grupo 3

Com taxa de juros de 8,16% (não cotista) e de 7,66% (cotista).

Residentes das regiões norte e nordeste

Grupo 1

Com taxa de juros de 4,75% a 5% (não cotista do FGTS) e de 4,25% a 4,5% (cotista do FGTS).

Grupo 2

Com taxa de juros de 5,25% a 7% (não cotista) e de 4,75% a 6,5% (cotista).

Grupo 3

Com taxa de juros de 8,16% (não cotista) e de 7,66% (cotista).

Vale ressaltar, que o programa tem como objetivo atender 1,6 milhão de famílias de baixa renda com o financiamento habitacional até 2024, um aumento de 350 mil. Isso será possível com a diminuição na taxa de juros para a menor da história do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e modificações nos rendimentos do agente financeiro.

Como realizar a inscrição?

Para poder realizar a inscrição será necessário cumprir algumas etapas, são elas:

Contratação

As famílias com renda mensal de até R$7 mil podem contratar de maneira individual, através de construtora ou de entidade organizadora, caso tenha vínculo a um empreendimento financiado pela Caixa. Para isso é preciso ter ciência do quanto será possível investir e, em seguida, entregar a documentação exigida em um Correspondente Caixa AQUI ou agência bancária mais próxima.

Avaliação do cadastro

Essa etapa consiste na verificação do cadastro enviado pela Caixa. Depois de  receber a documentação do imóvel escolhido, a estatal mostra as melhores propostas para o financiamento.

Assinatura do Contrato

Depois da  verificação e aprovação do cadastro e de toda a documentação, o último passo é a assinatura do financiamento.

Comentários estão fechados.