Governo pode pagar parcelas atrasadas do auxílio emergencial

0

O governo poderá fazer de forma retroativa o pagamento o auxílio emergencial 2020 para os beneficiários que tiveram suas parcelas canceladas. O Ministério da Cidadania informou que cerca de 1.003 segurados do auxílio que tiveram suas solicitações verificadas, que poderá dar acesso aos novos depósitos.

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Pagamento em parcela única

A restituição das parcelas atrasadas para os novos beneficiários não vão acontecer conforme o atual calendário do auxílio emergencial. Isso porque, os repasses deverão ser feitos em uma única parcela, que permitirá que a pessoa saque o dinheiro no mesmo dia que foi depositado. O Ministério da Cidadania avalia os detalhes para a liberação do cronograma de pagamento.

O Ministério da Cidadania confirmou que 1.003 eram realmente elegíveis, mas que 419 pedidos estão cancelados ou bloqueados.

Como verificar se tenho direito a restituição?

Para saber se sua solicitação do auxílio emergencial foi revalidada e considerada pelo governo, poderá acessar o site informar seus dados pessoais para realizar a consulta.

Na plataforma, será possível você saber foi incluído ou não na lista de solicitações reconsideradas. Sendo que depois, pelo mesmo acesso, você poderá acompanhar as datas de recebimento, envio de pedidos, justificativa para negativa, situação da segunda solicitação, bem como a contestação do pedido negado.

No entanto, se precisar de outras informações, consulte o site da Caixa Econômica Federal auxilio.caixa.gov.br ou pela central telefônica 111.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil