Governo suspende exigência do CRLV 2021 até junho em Minas Gerais

O documento que estava sendo exigido nas fiscalizações de trânsito desde 1° de janeiro, passará a ser obrigatório a partir de 1° de junho.

Minas Gerais suspendeu a exigência do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) do ano de 2021.

Com essa medida, o documento que estava sendo exigido nas fiscalizações de trânsito desde 1° de janeiro de 2022, passará a ser obrigatório a partir de 1° de junho.

A decisão, publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (14/1), leva em consideração evidências do impacto socioeconômico da pandemia, que se agravou nos últimos dias com as fortes chuvas que atingiram todo o estado.

Portanto, para fins de fiscalização, o CRLV 2019 volta a ser exigido para comprovar a regularidade dos veículos em circulação. 

O documento pode ser impresso em papel comum ou no aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT) para dispositivos Android e iOS.

Caso o agente consiga consultar o sistema do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG) para verificar se o veículo está licenciado, o CRLV pode ser dispensado. 

Em caso de dúvida sobre a normalidade do CRLV, os proprietários de automóveis podem acessar o site Detran-MG onde também podem ser consultados débitos e notas de pagamento do Imposto de Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), seguro obrigatório (DPVAT), Taxa de Renovação do Licenciamento Anual do Veículo (TRLAV) e eventuais multas.

Comentários estão fechados.