O sonho de todo jovem é ingressar em uma boa faculdade. Mas será que a atual graduação em Ciências Contábeis prepara seus alunos para o futuro da contabilidade? O que o mercado precisa hoje? Quais as perspectivas para o futuro da profissão contábil? Será que é isso que as faculdades brasileiras estão ensinando os graduandos em contabilidade?

Bem, meu nome é Matheus Campos, tenho 22 anos e acabei de abrir mão da minha graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Minas Gerais. Há um pouco mais de dois anos topei um desafio de ajudar a construir uma das startups que mais cresce no Brasil, atualmente participante do programa Scale Up-MG da Endeavor. Hoje sou co-fundador e Head de Marketing da Nucont, durante esses 2 anos tive a oportunidade de ajudar centenas de Contadores a terem mais sucesso na profissão e ao mesmo tempo estar dentro de uma sala de aula me graduando em contabilidade.

Hoje não sou mais aluno de ciências contábeis e vou explicar nesse artigo porque eu acredito que nossa graduação não forma bons contadores. Entenderemos a profissão contábil e suas perspectivas para o futuro.

O Contexto do Mercado Contábil…

Imagem do artigo Tendências do mercado contábil

Nós, da Nucont, existimos para fazer com que contadores tenham sucesso através da Contabilidade Consultiva. O papel verdadeiro do contador é muito maior do que apenas gerar guias e calcular a folha de seus clientes. Muitas vezes os contadores são vistos como o mal necessário das empresas, justamente por não conseguir gerar valor, gerar impacto, na vida de seus clientes.

Já conversei com centenas de contadores e é possível ver claramente a diferença do contador que procura não entregar só o básico, que são os que estão tendo sucesso, para o contador que continua cumprindo a burocracia e fazendo o mesmo papel que nossos pais faziam há 20, 30 anos.

No ritmo que a tecnologia vem evoluindo e grandes startups e empresas vem trabalhando para melhorar seus serviços, você não conseguirá prosperar se não se adaptar e focar em gerar mais valor para o seu cliente. Os contadores que não enxergam isso começam a entrar em um ciclo vicioso, vendo seus clientes mudando para uma contabilidade mais barata e consequentemente diminui seu preço para poder vender mais entrando em uma tremenda guerra de preços.

Se você quiser entender mais sobre o rumo que o mercado contábil está tomando, aconselho ler esse artigo: Leia o artigo clicando aqui

O que um bom contador do futuro faz?

Basicamente, o contador que consegue ter sucesso hoje em dia foca totalmente em seus clientes. Ele usa ferramentas que automatizam seus processos para que ele possa ter tempo para se relacionar com seus clientes. Hoje o contador de sucesso sabe se vender, sabe que é preciso se preparar e ter um processo comercial onde ele consegue vender a contabilidade consultiva. É o contador trabalhando com seus empresários para tomarem as melhores decisões de negócios, fazendo as empresas prosperarem e todos terem resultado.

E o que a graduação contábil nos ensina?

Durante minha graduação pude ver claramente, e ficando inconformado com isso, a discrepância do que realmente bons contadores fazem para o que é ensinado nas salas de aula. Durante a faculdade, aprendemos os princípios da contabilidade, fazer os razonetes, elaborar uma DRE, montar um balanço patrimonial, estudar as normas nos CPCs, enfim, uma infinidade de coisas que são importantíssimas para sermos bons contadores. Mas então..

Porque muitos formandos tem problema na hora de ir para o mercado de trabalho?

Simplesmente porque não é isso que o mercado exige de você hoje, se você estagiar em algum escritório contábil vai ficar até louco de tantas obrigações acessórias e problemas internos.Você verá que aquela linda contabilidade ensinada nas salas de aula simplesmente é muito distante da sua realidade.

Tive professores que falavam:

“Balanço? DRE? Isso é só pra empresa de lucro real, as PMEs não precisam de contabilidade, é só fazer as obrigações”

E ao mesmo tempo eu estava dentro do Nucont vendo contadores tendo sucesso ajudando exatamente as PMEs que “não deviam ter contabilidade” a conseguirem reverter um quadro de insolvência financeira, analisando e ajustando os prazos médios das empresas. Esse é o verdadeiro papel do contador! 

Conclusão:

Vimos que a graduação em Ciências Contábeis não nos deixa 100% preparados para o mercado (embora seja essencial). A minha opção foi não seguir no curso, mas isso quer dizer que o curso não serve pra ninguém? De forma alguma! Mas, com certeza apenas fazer a graduação não vai te deixar pronto.

Acredito que os estudantes de contábeis devem sim focar em aprender as questões normativas e descritivas da Contabilidade, mas também é essencial que procurem experiências na área durante a faculdade. Empresas Juniores (MEJ), Estágios, cursos, todos podem ser muito úteis para a formação do profissional.

Não se esqueça, a faculdade é apenas uma parte do que você precisa aprender, então use seu tempo para conhecer mais sobre o mercado contábil, conhecer os principais players do mercado, ir nos eventos mais relevantes, trocar ideia com contadores experientes, participar do Movimento Contabilidade sem Chatice, tudo isso te fará um profissional muito superior aos demais.

Lembre-se do papel que você deve exercer quando formado…

Não é sobre emitir guias e calcular a folha e enviar para o empresário todo mês

Não é sobre fazer contabilidade apenas de empresas de Lucro Real

É sobre ser empreendedor, é sobre vender…

É sobre aplicar o verdadeiro papel da Contabilidade

É sobre se relacionar

Esse é o futuro da contabilidade!

E, nem de longe eu vi nos 5 anos que fiquei na faculdade.

Conteúdo original por Matheus – Head de Marketing da Nucont

Dica Especial: Atenção você contador ou estudante de contabilidade, conheça nosso treinamento voltado para contadores iniciantes, ensinando na prática procedimentos contábeis que todo contador precisa saber, mas que não se ensina na faculdade.

Tudo que você precisa saber para abrir, alterar e encerrar empresas, além da parte fiscal de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido e MEIs, Contabilidade, Imposto de Renda. Quer saber mais? Então clique aqui e não perca esta oportunidade!